Palmas - TO
Palmas - TO

Capital Palmas - TO                             
Area (Km²)   277 620,914
Números de Municípios 139
População estimada em 2010   1 383 453

 

 
Esperantina 1 - TO Esperantina 2 - TO Esperantina 3 - TO Esperantina 4 - TO

Esperantina - TO

Esperantina - TO                              Tocantins - TO                                  
População 37.765
Esperantina é um município brasileiro do estado do Piauí.

História

O município de Esperantina, foi emancipado em 10-02-91 através da Lei estadual nº 251/91 porém começou por volta de 1974 quando chegou nesta Região os senhores Felipe da Silva Ribeiro, os quais agradaram do local e fixaram residência a margem de um lago hoje conhecido como ″Lagoa da Cota″ rodeada de terras férteis e viçosa, devolutas do ″Estado de Goiás″.

Por ser uma região rica em caça, pesca e prospera para agricultura, atraiu moradores de outras regiões como estado do Maranhão, Pará, Piauí, Alagoas, Bahia, Ceará, etc., povoando cada vez mais esta localidade, que passou a chamar-se ″CENTRO DO PEDRO SOUSA″, o qual em 1980 já contava com 30 (trinta) ranchos de palha.

Depois de oficialmente desmembrado do município de São Sebastião de Tocantins, o município de Esperantina alcançou um surpreendente desenvolvimento e teve seu primeiro prefeito eleito o Sr. Deumar Alves dos Santos, que administrou de 1993 a 1996.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município com a denominação de Esperantina, pela lei estadual nº 251, de 20-02-1991, alterado em seus limites pela lei nº 498, de 21-12-1942, desmembrado de São Sebastião do Tocantins e Buriti do Tocantins. Sede no atual distrito de Esperantina (ex-povoado). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1983.

Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisões territoriais datada de 2007.

Hidrografia

A rede hidrográfica esperantinense pertence à bacia do Rio Parnaíba, sendo constituído pelo Rio Longá, em cuja margem esquerda está a sede municipal de Esperantina e por seus afluentes, entre os quais, os riachos Taquari, Mocambo, Carnaúba, Canto do Chicote, Palha, Grande, Taboca Fundo, Mundo Novo Cacimbinha, Angico Branco e pelo Riacho do Descanso, além de outros menores. Entre as lagoas destacam-se: Coité, Caiçara, Sapo, Várzea e Jatobá. E os açudes do Mundo Novo, Boa Vista dos Cariocas e outros de propriedade particular. O Rio Longá, a 18km da sede municipal, forma a Cachoeira do Urubu (na imagem), com imensos blocos de pedras esculpidas pelas águas do rio. De rara beleza paradisíaca, possui dois grandes platôs de pedras convergindo as águas para uma abertura que as conduz e volta ao curso normal do rio, formando três importantes quedas d'água: a queda do funil, da garganta e da pedra furada.

Oferece atrações distintas no decorrer do ano. Em época de seca apenas pequenos lagos se formam pelos filetes das águas do rio, fazendo descortinar blocos de pedras rochosas. Quando chove nas "cabeceiras" do Rio Longá, a cachoeira apresenta bons momentos de lazer aos visitantes. na época de cheia, período de alta-estação, praticamente, apenas a paisagem pode ser desfrutada porque o volume d'água é tamanho que a ação sobre as pedras provoca um estrondo capaz de ser ouvido a quilômetros de distância. Porém no período de meia-estação, é possível um banho delicioso sobre as quadas d'água.