8fd635fd
São Paulo - SP

Capital São Paulo - SP                     
Area (Km²)   248.209.426
Números de Municípios 645
População estimada em 2010 41.252.160

 

 
Américo Brasiliense 1 - SP Américo Brasiliense 2 - SP Américo Brasiliense 3 - SP Américo Brasiliense 4 - SP

Américo Brasiliense - SP

Américo Brasiliense - SP                       São Paulo - SP                                          
População 34.144
Américo Brasiliense é um município brasileiro do estado de São Paulo.

pertencente à microrregião de Araraquara. Sua população segundo o censo de 2010 é de 34.144 habitantes, Conurbada a Araraquara, somam juntas 242.869 habitantes.

História

A história do Município de Américo Brasiliense iniciou-se em 1954, quando as famílias Xavier Machado e Martiniano de Oliveira iniciaram naquela região a cultura de café.

Com a construção das primeiras casas do povoado pela família de Manuel Antônio Borba e pela iniciativa do Coronel Antônio de Toledo Pizza, foi elevado a Distrito do Município de Araraquara, 1922, com o nome de Américo Brasiliense, homenageando o paulista Américo Brasiliense de Almeida e Melo, republicano e abolicionista, Presidente do Estado da Paraiba e Rio de Janeiro e Governador de São Paulo.

Foi a lavoura cafeeira que deu grande impulso à cidade que, desde aquela época, contava com luz elétrica, água encanada, atendimento médico, hotéis, restaurantes, e outros melhoramentos.

A partir de 1930 as sucessivas crises do café provocaram grande retração no seu desenvolvimento, transformando as fazendas em pastagens e causando a migração de famílias para outras cidades. O progresso somente se reiniciou com a instalação de usinas de açúcar e industrias metalúrgicas, a partir de 1943.

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Américo Brasiliense, por Lei estadual nº 1878, de 20 de novembro de 1922, o Distrito de paz de Américo Brasiliense foi instalado por ata de 21 de fevereiro de 1923 (Boletim do DEE de São Paulo, nº 8 - agôsto - 1943), no Município de Araraquara.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, Américo Brasiliense figura como Distrito do Município de Araraquara.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o Distrito de Américo Brasiliense é apenas judiciário e pertence ao Município de Araraquara.

No quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de março de 1938, o Distrito de Américo Brasiliense permanece no município de Araraquara.

No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943, o Distrito de Américo Brasiliense figura, igualmente, no município de Araraquara.

Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Distrito de Américo Brasiliense permanece no Município de Araraquara, assim como nos quadros fixados pelas Leis estaduais números 233, de 24-XII-1948 e 2456, de 30-XII-1953 para vigorar respectivamente, nos períodos 1949-1953 e 1954-1958.

Assim permanecendo em Divisão territorial datada de 01-VII-1960.

Elevado a categoria de município com a denominação de Américo Brasiliense, por Lei Estadual nº 8092, de 28 de fevereiro de 1964, desmembrado de Araraquara. Constituído do Distrito Sede. Sua instalação verificou-se no dia 21 de março de 1965.

Em divisão territorial datada de 01-VI-1995, o município é constituído do Distrito Sede.

Assim permanecendo em Divisão Territorial datada de 15-VII-1997.

Geografia

Possui uma área de 123,5 km² que se eleva a 715 metros de altitude.

Clima

O clima é do tipo subtropical, com temperaturas médias anuais de 22°C, com inverno ameno, sendo raro o fenômeno da geada. Chuvas (1.250 mm) bem distribuídas durante o ano, sendo abundantes no verão e pequena a pluviosidade no inverno, derivada das intermitentes frentes frias que passam pela região nessa estação.

Hidrografia

O município de Américo Brasiliense é um dos mais ricos em minas de água do estado de São Paulo; no total são 25 nascentes.

Relevo

A cidade está situada no Planalto Ocidental Paulista, desfrutando de uma suave topografia, com altitudes médias em torno de 700 metros, permitindo um fácil escoamento das águas pluviais, portanto, livre de enchentes.

Igreja católica

O município pertence à Diocese de São Carlos.

Agroindústrias

Américo Brasiliense teve escolhido o título "Cidade Doçura" pelo fato da atividade canavieira predominar no município. Localizada no município, a Usina Santa Cruz está entre as 15 maiores usinas do país, considerando-se o volume de cana moída e atende ao mercado nacional e internacional de açúcar e álcool e seus subprodutos energéticos.

Indústrias

Está sendo construída na cidade, pelo governo do estado de São Paulo a segunda Fundação para o Remédio Popular (FURP), que será responsável pela fabricação de 294 milhões de unidades de medicamentos por mês. Além da produção, a nova unidade vai priorizar a embalagem dos remédios em dose unitária com o objetivo de baratear ainda mais o preço. Essa inovação vai permitir às 246 Santas Casas do interior registradas na Furp uma redução de custos e maior controle na compra dos medicamentos. Na iniciativa privada, também encontramos inúmeras indústrias alocadas na cidade, entre elas a Whitford, que desenvolve e fabrica revestimentos antiaderentes.