8fd635fd
São Paulo - SP

Capital São Paulo - SP                     
Area (Km²)   248.209.426
Números de Municípios 645
População estimada em 2010 41.252.160

 

 
Atibaia 1 - SP Atibaia 2 - SP Atibaia 3 - SP Atibaia 4 - SP

Atibaia - SP

Atibaia - SP                                          São Paulo - SP                                  
População 126.614
Atibaia é um município do estado de São Paulo, no Brasil.

Localiza-se a uma latitude 23º07'01" sul e a uma longitude 46º33'01" oeste, estando a uma altitude de 803 metros. Sua população é de 126 614 habitantes, de acordo com o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de 2010.

História

Origem do Nome

Já antes da fundação do atual município de Atibaia, este era o nome dado ao sítio onde hoje se encontra o município. Larga controvérsia tem havido entre os tupinólogos que têm procurado definir o verdadeiro significado desta palavra.

Segundo frei Francisco dos Prazeres Maranhão, em seu glossário de palavras indígenas, o nome Tybaia significa "rio da feitoria".

Para João Mendes de Almeida, em seu Dicionário Geográfico da Província de São Paulo, teve origem no rio que lhe empresta o nome, concluindo: "Atibaia, corruptela de Tipai, "rio alagado". Por isso, os antigos diziam Tipaia e não Atibaia, de Ti, "rio"; Pa, aférese de iupá, "lagoa, alagadiço" e I, preposição significando "em", alusiva a correrem várzeas extensas por entre alagadiços".

Devido à presença de uma serra em Atibaia, a origem do nome pode estar na corruptela Tipai, "morro dependurado". De ti, "montão" e pai, "dependurado".

Teodoro Fernandes Sampaio diz que Atibaia, antigamente Tibaya, como escreveu Manuel Aires de Casal, significa "água saudável" (ty-b-aia), podendo ainda ser "água trançada, revolta ou confusa". O mesmo autor ainda aponta os significados possíveis de "pomar saudável" (atyb-aia) e "sítio saudável" (tyb-aia).

Plínio Airosa, em valiosa colaboração para o jornal O Estado de São Paulo, conclui "Tibaia significa "água salobra, acre, ruim, poluída". Mas esse mesmo tupinólogo, em seu livro Primeiras Noções de Tupi, define: "Atibaia – (Ty-Baio) – o "rio manso de águas tranquilas, de água agradável ao paladar".

O Vocabulário na Língua Brasílica aponta o significado de "madeixa de cabelo que os índios têm sobre as orelhas".

Eduardo de Almeida Navarro diz que atîaî significa "pontudo".

Hoje, se escreve e se diz Atibaia. As formas Tybaia, Thibaya, Atubaia etc. já estão fora do domínio de nosso povo.

Fundação

A fundação do município de Atibaia está ligada ao contexto histórico da atuação dos bandeirantes, desbravadores que saíam à frente de pequenas comitivas para explorar terras virgens, em busca de índios e minerais preciosos. A maioria das expedições partia de São Paulo, e a rota mais procurada era a que levava aos tesouros das Minas Gerais. Tratava-se de uma viagem longa e árdua, que requeria muitas paradas para descanso e reabastecimento. A primeira delas, ainda nas proximidades de São Paulo, ficava numa colina banhada por um rio onde hoje se encontra Atibaia.

Jerônimo de Camargo, bandeirante descendente de uma das mais conhecidas famílias da vila de São Paulo, profundo conhecedor de toda a região, acabou por fixar-se no local e fundou uma fazenda de gado e, no alto da colina, construiu uma capelinha sob a invocação de São João Batista no dia 24 de junho de 1665, data que marcou a fundação do município, e que é, atualmente, feriado municipal.

Nesta mesma época, o padre Mateus Nunes de Siqueira chegou do sertão com um grupo de índios guarus catequizados e, por ordem da Câmara Municipal de São Paulo, instalou-os ao lado do sítio de São João Batista. O pequeno núcleo confirmou-se, então, como parada obrigatória para quem seguia em direção a Minas Gerais e o povoado começou a desenvolver-se lentamente.

Em 1679, a igrejinha passou a ser capela curada - isto é, a ter padre próprio - e, em 1687, recebeu a visita do Padre Providencial, que celebrou missa na localidade. Jerônimo de Camargo faleceu em Jundiaí, no princípio de 1707, mas seus descendentes deram continuidade ao trabalho nas fazendas de gado e à luta pela emancipação do vilarejo. Finalmente, por alvará de 13 de agosto de 1747, a aldeia tornou-se "freguesia" e assim nasceu o distrito de São João de Atibaia (ou Tybhaia, conforme a grafia da época).

Em vista da falta de justiça e de queixas recebidas, a corte portuguesa elevou o distrito de tibaia à categoria de vila e município, por portaria de 27 de junho de 1769. No ano seguinte, foi instalada a primeira Câmara Municipal, com grandes solenidades no levantamento do pelourinho. A partir daí, já independente e com administração própria, a vila pôde encetar o seu progresso. De fato, em pouco tempo tornou-se uma espécie de celeiro da capital paulista, graças ao grande desenvolvimento da pecuária e da cultura de cereais, em especial de trigo.

Em 22 de abril de 1864, recebeu o título de município, de acordo com a Lei Provincial 26. Em 20 de dezembro de 1905, o município de São João de Atibaia passou a denominar-se apenas Atibaia, pela Lei Estadual 675.

Proclamada a república, iniciou-se, para Atibaia, uma fase de grande desenvolvimento, com uma sucessão vertiginosa de melhorias: a instalação de redes de água, esgoto e luz elétrica, as inaugurações do Grupo Escolar José Alvim e do Hotel Municipal, a criação da primeira indústria têxtil, o alargamento das ruas, o ajardinamento das praças - todos esses fatores alteraram significativamente o perfil da vila pobrezinha de São João do Atibaia e deram origem à Atibaia que conhecemos hoje.

Turismo
Atibaia vista da Pedra Grande.
Pedra Grande, Atibaia.
Paraglider na Pedra Grande, em Atibaia

A Pedra Grande é um dos pontos turísticos de Atibaia. Se localiza a 1 450 metros acima do nível do mar. No alto de uma colina, aflora um enorme monólito que permite em algumas ocasiões, a prática de vôo livre, asa delta, paraglider, escalada, rapel e mesmo de um magnífico mirante para toda Atibaia e regiões vizinhas a ela.

A partir da Pedra Grande, é possível ver, em dias com boa visibilidade, sete municípios.

Existem dois acessos principais que levam ao cume da Pedra Grande, um para carros e outros através de trilhas: - Acesso para carros: Na Rodovia D. Pedro I - SP-065 sentido Jacareí, pegue à direita no primeiro retorno após passar por Atibaia (após passar a ultima entrada). Você vai ter acesso a uma rua de terra, a partir desse ponto tem-se placas indicativas até o cume. O trajeto possui aproximadamente dez quilômetros. - Acesso via trilhas: existem três trilhas principais, catalogadas, que levam ao cume da Pedra Grande. Todas partem a partir de um mesmo ponto, situado no final do Bairro Arco-Iris, bairro que fica em frente ao Pouso de Asa Delta. As três trilhas são: Minha Deusa (aprox. 2,4 km), Mangueira (aprox. 2,6 km) e Monges (aprox. três km), que seguem caminhos: à esquerda, centro e direita a partir de seu início comum. O ideal para subidas é sair cedo e sempre levar água consigo, para evitar desidratação. Nas trilhas Minha Deusa e Mangueira, tem-se duas nascentes de água (potável?). Caso sua pela trilha dos Monges (considerada a mais bonita), para se ter acesso à nascente, dever-se-a retornar uns qunze minutos quando esta se encontra com a Mangueira.

Inaugurado em 2008 num dos pontos mais aconchegantes e belos do município, o Teleférico de Atibaia, liga o Lago do Major à parte alta do município, num percurso de 550 metros, passando por sobre o lago, sobre o balneário, sobre um espelho d’água, próximo ao Centro de Convenções e, ainda, com uma bela vista da paisagem local e do Morro da Pedra Grande. Com equipamento de última geração, proporciona um agradável convívio com a natureza, com muita segurança e tranquilidade.

Juntamente com o "passeio de charrete", é uma boa opção de lazer para os turistas, bem como para os habitantes de Atibaia.

Estância Climática

Atibaia é um dos quinze municípios paulistas considerados estâncias climáticas pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por lei estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também o município adquire o direito de agregar, junto a seu nome, o título de estância climática, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

Geografia

Clima

O clima de Atibaia é Tropical de altitude, tendo invernos relativamente frios e secos e verão quente e chuvoso.

Hidrografia

    Rio Cachoeira
    Rio Atibaia
    Represa Usina de Atibaia

Educação

O municipio conta com dois campi das Faculdades Atibaia, perfazendo atualmente dezessete cursos de graduação, além de extensivos e pós-graduação em diversas áreas.

A cidade conta ainda com o polo das faculdades Facinter e Fatec Internacional, do Grupo Uninter, que oferece dez cursos de graduação e mais de trinta em pós graduação, a distância.

Administração

    Prefeito: José Bernardo Denig (PV) (2009/2012)
    Vice-prefeito: Ricardo dos Santos Antônio (PT)
    Presidente da câmara: Emil Ono (PTB) (2011/2012)