Porto Alegre - RS
Porto Alegre - RS

Capital Porto Alegre - RS                               
Area (Km²)   281 748,538
Números de Municípios 496
População estimada em 2010        10 914 128

Treze de Maio 1 - SC Treze de Maio 2 - SC Treze de Maio 3 - SC Treze de Maio 4 - SC

Treze de Maio - SC

Treze de Maio - SC                                    Santa Catarina - SC                                  
População 6.877
Treze de Maio é um município brasileiro do Estado de Santa Catarina.

História

O Núcleo Presidente Rocha, primeiro nome da localidade, depois substituído por Treze de Maio, foi um prolongamento da Colônia Azambuja, limitando-se ao Leste e Sudeste com a Sesmaria dos Medeiros. Foi fundado em 1887 pela Comissão de Terras e Colonização na pessoa do Engenheiro Francisco Ferreira Pontes. A Comissão era o órgão encarregado de medir e demarcar lotes rurais, receber os imigrantes e assentá-los em seus lotes, dando-lhes assistência nos primeiros meses.

O levantamento topográfico finalizou-se em 1885. Para a sede (centro) deste novo núcleo foi reservado um quadro de 121 hectares. Era um retângulo de 1.100 x 2.200 m², exatamente quatro lotes rurais, apelidado de "quadro".

Segundo a errônea história contada no passado, o “quadro” era uma área destinada aos ex-escravos, os quais não gostando do local, o abandonaram. Os italianos teriam ocupado o terreno dali em diante e em homenagem a data da abolição, denominaram de Treze de Maio.

Mas é sabido que o Governo não concedeu nenhuma terra aos libertos. A Lei Áurea simplesmente aboliu a escravidão deixando os libertos sem terra, sem teto e ao desamparo. Ademais o Núcleo Presidente Rocha, fundado em 1887, antes da abolição, sediou os pioneiros predominantes italianos, seguidos de nacionais e alguns alemães, sem a participação de mão de obra escrava. A população naquele ano chegou a 469 habitantes.

Segundo o historiador Amadio Vettoretti, Treze de Maio foi fundado no ano de 1887, um ano antes da abolição da escravatura, sendo que nunca existiu escravos na área de Treze de Maio.

Contestada também é a versão que afirma que no dia 13 de maio aconteceu o encontro dos italianos com os brasileiros no “quadro”, pela simples constatação que o nome dado na fundação era “Presidente Rocha”, em homenagem ao presidente da Província de Santa Catarina Francisco José da Rocha.

Os Italianos Giovani Bonelli e Luigi Formentin lideraram, em 1892, a construção da primeira Capela do “quadro”, feita de ripas de palmito, coberta de palha e amarrada com cipós. Por este ato foram considerados fundadores de Treze de Maio.

Geografia

Localiza-se a uma latitude 28º33'32" sul e a uma longitude 49º08'52" oeste, estando a uma altitude de 190 metros. Sua população estimada em 2004 era de 6.980 habitantes.

Após a emancipação

Com a sua emancipação, no final do ano de 1961, teve como primeiro prefeito, nomeado, o Sr. Ismael Thomaz Préve (30 de dezembro de 1961 a 31 de janeiro de 1963). Em 1 de fevereiro de 1963, assumiu a prefeitura Luiz Nandi, que ficou no poder até 31 de janeiro de 1969, passando-o em seguida para o Sr. Nelson Ghisi, que governou até 31 de janeiro de 1973. Após, assumiu o filho de Luiz Nandi, Nilson Simão Nandi, que administrou a cidade até 31 de janeiro de 1977. Em 1 de fevereiro de 1977 assume a prefeitura a esposa de Nelson Ghisi, D. Auricélia Maria Lemos Ghisi, tendo Vilson Nandi como vice. Em 1 de fevereiro de 1983, retorna a prefeitura Luiz Nandi, ficando até 31 de dezembro de 1988, elegendo seu sucessor, João Bressan Bardini, que governou até 31 de dezembro de 1992, e logo após, o vice de Bardini, Vilson Nandi, elege-se com mandato até 31 de dezembro de 1996.

Em 1996 a hegemonia política local é alterada, em um fato inédito no município, com a vitória de um candidato do PMDB, colocando fim a uma história de alternância do poder entre os políticos ligados ao PFL (hoje Democratas) e PDS (hoje PP). Itamar Bressan Boneli, do PMDB, em coligação com o PSDB, assume em 1 de janeiro de 1997, reelegendo-se para um segundo mandato em 2000. Nas eleições de 2004, no entanto, não conseguem eleger seu sucessor, sendo derrotados pelos então candidatos Arilton Francisconi Cândido (PP), e o vice Pedrinho Marcon (PFL), que assumem a prefeitura em 1 de janeiro de 2005, com mandato até 31 de dezembro de 2008, tendo sido re-eleito para um segundo mandato até 2012.