Porto Alegre - RS
Porto Alegre - RS

Capital Porto Alegre - RS                               
Area (Km²)   281 748,538
Números de Municípios 496
População estimada em 2010        10 914 128

 

 
Alpestre 1 - RS Alpestre 2 - RS Alpestre 3 - RS Alpestre 4 - RS

Alpestre - RS

Alpestre - RS                                                 Rio Grande do Sul - RS                                  
População 8.027
Alpestre é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Localiza-se na latitude 27º14'56" sul e longitude 53º02'06" oeste, estando à altitude de 467 metros. Sua população estimada em 2004 era de 8 572 habitantes. Possui uma área de 324,98 km². É um município que conta com as águas do rio Uruguai e que faz divisa fluvial com o estado de Santa Catarina. Faz parte da Microrregião Frederico Westphalen.

História

Se para atravessar o Brasil é necessário ir do Oiapoque ao Chuí, para cortar o estado é preciso viajar do Chuí a Alpestre. Na localidade de Santa Lúcia, está a curva do Rio Uruguai. De dimensões que impressionam, a curva marca o ponto extremo norte do rio e também do Estado. No local está o monumento do Ponto Extremo Norte, que delimita o ponto mais setentrional do Rio Grande do Sul. Em Alpestre, o Rio Uruguai é uma das fontes de água para a produção agrícola, sendo o fumo a principal cultura. Ele é formado pela junção dos rios Canoas e Pelotas, na divisa entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e tem cerca de 2,2 mil quilômetros de extensão. No lado direito da curva foi construída a Barragem Foz do Chapecó. Localizada entre os municípios de Alpestre e São Carlos (SC), a hidrelétrica aproveita o potencial hídrico do Rio Uruguai para gerar 855 megawatts de energia.

Curiosidades

Em razão de uma certa semelhança com os Alpes suíços, o falecido político Vicente de Paula Dutra, primeiro prefeito de Iraí, sugeriu o nome de Alpestre para a nova cidade. A partir de agosto de 1963, a denominação se tornou definitiva.

Alpestre tornou-se mundialmente conhecida por duas grandes festas: a Oktoberfest e a Oceânica. A primeira, como de praxe, ocorre no mês de outubro e a segunda no final de dezembro, época em que antigos moradores dessa pequena cidade voltam para rever os seus familiares e tomar umas cervejas no Tiles Bar.

Depois de ser aclamada por muitos anos como a capital do feijão, Alpestre é hoje um pólo exportador de fumo. Grandes entendedores do assunto dizem que o fumo produzido nas terras férteis deste município é de ótima qualidade.

O bar da veia Dora é muito famoso na região devido ao enigmático suspense em torno da vida de sua fundadora.

O grande destaque da sociedade alpestrense foi o famoso e reconhecidamente talentoso mestre dos negócios, "Grosma". Sua grande habilidade comercial e sua excelente retórica, criou uma cultura e uma nova ótica relacionada ao mundo dos gelados (picolés, tiocaios, etc). Grosma morreu no ano de 2009, deixando uma poupança com surpreendentes números exorbitantes e um grande vazio nas ruas da pequena e notável cidade.

Pontos turísticos

Um dos principais pontos turísticos da cidade está localizado na praça central (e única), defronte à igreja matriz, ao banco e a escola. Constitui-se de quatro bonecos que representam as etnias que povoaram e tornaram a cidade de Alpestre bonita e pacífica. Cabe ressaltar que a etnia indígena foi sumariamente ignorada nesse cenário representativista moderno, pois os mesmos foram dizimados com a chegada dos europeus colonizadores.