Pernambuco - PE
Recife - PE

Capital Recife - PE                            
Area (Km²)   98 311,616
Números de Municípios 185
População estimada em 2010 8 796 032

 

 
Barreiros 1 - PE Barreiros 2 - PE Barreiros 3 - PE Barreiros 4 - PE

Barreiros - PE

Barreiros - PE                                         Pernambuco - PE                                  
População 40.720
Barreiros é um município brasileiro do estado de Pernambuco.

Distante 102 km da capital pernambucana, Recife.

História

Barreiros foi formada de uma aldeia cujo chefe descendia de Filipe Camarão (um dos líderes da restauração pernambucana). Foram os Caetés os primitivos habitantes das terras em que se iria formar o município de Barreiros.

O nome Barreiros proveio das escavações feitas no solo, que era de barro vermelho, pelos porcos Caititus, muito abundantes no lugar.

A paróquia de Barreiros, que teria o mesmo padroeiro da aldeia de Una, São Miguel Arcanjo, foi criado por ato da mesa de consciência e ordem no ano de 1786. Durante o paroquiano do Padre Batista Soares, em 1846, foi extinta a paróquia de Barreiros, sendo restaurada em 1849, com os mesmo limites. A primeira pedra foi lançada em 1849, mas não foi possível apurar-se a data da conclusão da igreja matriz. Paralelamente ao rio Una, surgiu a Rua Estrada Nova, nome que indica a sua origem.

A Lei Provincial nº 314, de 13 de maio de 1853, criou o termo de guerreiros elevando-o a categoria de vila, com território desmembrado de Rio Formoso, com freguesia de Água Preta, verificando-se a instalação de município em 19 de julho de 1860; a lei estadual nº 38, de 3 de julho de 1860, elevou a vila de Barreiros a categoria de cidade, tornando-se autônomo.

O primeiro dos melhoramentos foi a instituição do ensino oficial, com a criação em 1855 de uma escola primária. A escola era destinada exclusivamente ao sexo masculino; o seu primeiro professor, nomeado pelo presidente da província José da Cunha Figueiredo, foi o mestre Tranquilino da Cruz Ribeiro.

A Lei estadual nº 38, de 3 de julho de 1892, sancionada pelo governador Barbosa Lima, elevou a vila de Barreiros à categoria de cidade.

Já nos fins do século XX, o lugar se havia desenvolvido consideravelmente, tanto que, ao ser criado o município de Barreiros em 1892, São José da Coroa Grande veio a ser o segundo distrito municipal.

Partindo da praça do mercado surgiu a Rua do Comércio, a mais importante da cidade. Por ocasião da visita pastoral do bispo D. Luiz de Brito, em 1989, essa rua passou a se chamar Rua Dom Luiz, correspondendo atualmente à Rua Ayres Belo.

O primeiro prefeito do município dos Barreiros foi o advogado Dr. José Nicolau Pereira dos Santos e o subprefeito foi o então senhor de engenho André Alves Cavalcante Camboim, parente do Barão de Buíque.

Quando o povoado se transferiu para as margens do Una e Carimã, conservou o nome dos dois povoados que se dividiram entre Barreiros Velho e Barreiros Novo. Extinto o primeiro povoado, o segundo passou a ser chamado de Barreiros.

Especialmente a partir do ano de 1908, acontecimentos em Barreiros incluíram a chegada do trem de ferro, e a construção sobre o Una da ponte Estácio Coimbra. Estácio Coimbra, que viveu em Barreiros durante muitos anos de sua vida, tornando-se prefeito em 1895 juntamente com seu mandato de deputado estadual, foi deputado federal entre 1900 a 1922.

Geografia

Localiza-se a uma latitude 08º49'06" sul e a uma longitude 35º11'11" oeste, estando a uma altitude de 22 metros. Sua população estimada em 2010 era de 40 720 habitantes. Possui uma área de 229,84 km².

Situa-se a 102 km da capital Recife, 13 km de São José da Coroa Grande e 22 km de Rio Formoso relevo: ondulado forte ondulado

Administração

A sede administrativa de Barreiros fica centralizada em sua área de território. Prefeito eleito no dia 05 de outubro de 2004, Antônio Vicente de Souza Albuquerque(PRONA) e seu vice-prefeito Franz Hacker de Araújo(PMDB), teveram seus mandatos cassados por ordem STJE no dia 14 de fevereiro 2006. Em 03 de outubro de 2008 é eleito dessa vez contra o ex-prefeito de Barreiros, João Baleia (PDT), dessa vez tendo João Bosco Ximenez(PT) como seu vice, já o ex-vice Franz Hacker(PMDB) foi eleito vice-prefeito da cidade de Sirinhaém, juntamente com atual prefeito Fernando Urquisa (PTB). Foram eleito os novos vereadores de Barreiros,até 31 de dezembro de 2012. Walter Buarque (PR),Marcelo Laete (PSB), Elimario (PSDB), José Geraldo Leão (PP), Henrique do Hospital (PRTB), Pericles (PDT), Luciano do Peixe (PCdoB), Luiz Marinho(PSL),Nivaldo Brito (PSC), o atual Juiz de Direito é Rogério Lins e Silva, que também é o Juiz Eleitoral. O chefe do Cartório Eleitoral é Davi Gouveia.

Economia

Atualmente, em consequência do fechamento da Usina Central Barreiros, a população sobrevive principalmente do comércio, que abrange toda a região. Mais recentemente Barreiros tem atraído investimento na área do turismo e do comércio. Barreiros se encontra em uma situação de estabilidade em que apenas o funcionalismo e o comércio sustentam a cidade.

Turismo

Por se encontrar em uma região de zona da mata, e fortemente rica em turismo de aventura e turismo ecológico, a cidade faz parte da APA Guadalupe, uma reserva florestal de mata atlântica que incorpora mais outras quatro cidades vizinhas.

Barreiros tem ainda a praia de Porto de Nassau, um dos possíveis pontos de desembarque dos holandeses no período Brasil-Holandês; a praia de Porto de Nassau tem um extensão de aproximadamente 100 metros. É conhecida como a "praia da ilha do coqueiro solitário", pela formação rochosa de uma ilha, e no meio dela um coqueiro se sobressair dado nome a ilha. A praia também serviu de cenário para a gravação da novela "A Indomada" da Rede Globo de Televisão,exibida em 1997.