Curitiba - PR
Curitiba - PR

Capital Curitiba - PR                             
Area (Km²)   199 314,850
Números de Municípios 399
População estimada em 2010 10 439 601

 

 
Altamira do Paraná 1 - PR Altamira do Paraná 2 - PR Altamira do Paraná 3 - PR Altamira do Paraná 4 - PR

Altamira do Paraná - PR

Altamira do Paraná - PR                          Paraná - PR                                               
População 4.306
Altamira do Paraná é um município brasileiro do estado do Paraná.

Sua população estimada em 2005 era de 6.725 habitantes. Em 1941, iniciaram-se os movimentos migratórios na região onde se situa o Município de Altamira do Paraná. Mas, é somente em 1962 que a Companhia de Colonização e Desenvolvimento Rural - CODAL coloniza a área da sede propriamente dita, com a demarcação dos lotes dentro do perímetro urbano, cujo traçado ainda é o predominante. Município com características econômicas baseada na agropecuária destacando-se a pecuária de corte e leite e, principalmente, a cultura do algodão entre outras. Criado através da Lei Estadual n°7.571, de 27 de abril de 1982, e instalado em 1 de fevereiro de 1983, foi desmembrado de Palmital. Hoje o Município passa por muitas dificuldades devido a falta de empregos e serviços públicos.

História

Vem de muitos anos a movimentação de pessoas na região do atual município de Altamira do Paraná. Os primeiros moradores, valorosos e corajosos desbravadores do sertão, habitavam esparsamente extensas áreas de terras.

A principalmente atividade econômica é o extrativismo vegetal, primeiramente da erva-mate, posteriormente da madeira, que proliferavam nas imensas matas da região.

Com o passar do tempo foi se formando uma povoação, que no início da década de 1940 já apresentava considerável progresso.

A partir de 1943, com a criação do município de Pitanga, desmembrando-se de Guarapuava, o núcleo passa a ter nova sede administrativa, pertencendo à jurisdição do município recém-criado.

A denominação Altamira foi dada por um dos líderes da Companhia de Colonização e Desenvolvimento (CODAL), no ano de 1962, sendo desde período o início da efetiva colonização. A CODAL, vislumbrando na localidade uma futura cidade, cortou e mediu o sítio em lotes e os colocou à venda, fazendo o mesmo com a zona rural, proporcionando desenvolvimento acentuado à comunidade.

Pela Lei Estadual nº 4.784, de 20 de novembro de 1963, o povoado de Altamira foi elevado à categoria de Distrito Administrativo, integrando o recém emancipado município de Palmital. José Luiz Guimarães (Zeca Mineiro), chega em Altamira com sua familia em 26/12/1969. Sendo primo do pioneiro Joaquim de Oliveira(Caquito), estabeleçe-se vindo de Maringá. Possuia uma pequena propriedade na Estrada do Macaco, onde foi produtor de hortelã e outras lavouras. Eram tempos difíceis, não havia luz elétrica e nem água encanada. Os acessos a Altamira eram via Campina da Lagoa e Nova Cantú (passavam por balças no Rio Cantú). Também via Palmital, embora este acesso era menos usado, por causa da distancia, apesar de ser Distrito Administrativo de Palmital. Por causa das balças, quando chovia muito, os rios enchiam e impedia a passagem de veículos. Com isso, havia escasses de generos insdustrializados. Em 1974, Zeca Mineiro compra um gerador de energia e com seu filho Nadir Antonio, então com 14 anos, instalam um "sistema de distribuição" de energia, atendendo diversas casas. A energia era ligada das 18:00 as 22:00 horas de segunda a sexta e das 18 a 0:00 aos sábados e domingos. Neste tempo também o Sr. José Marques (Zé do Hotel), também possuia um gerador com o mesmo sistema. Zeca Mineiro, residiu em Altamira do Paraná até o dia 10/06/1975, mudando-se para Campo Mourão Pr, onde faleceu aos 68 anos, no dia 12/11/1989. Seu primo Caquito, um dos pioneiros, faleceu em 2008, após muitos anos de residencia, trabalho e dedicação à Altamira do Paraná. No dia 27 de abril de 1982, através da Lei Estadual nº 7.571, sancionada pelo governador Ney Aminthas de Barros Braga, foi criado o município de Altamira, com território desmembrado do município de Palmital. A instalação solene deu-se no dia 1º de fevereiro de 1983.

Em 15 de junho de 1983, a Lei Estadual nº 7.601 altera sua denominação para Altamira, em função de haver município homônimo no Estado do Pará.

Etimologia

Homenagem do proprietário da companhia colonizadora à cidade de Altamira, no Estado do Pará, por seu conhecedor e admirador. Etimologicamente, o termo Altamira, faz o historiador Guérios hesitar entre o português "alta" e "mira" e o germânico "Altmir", de "alt"...velho, esperto e "mir"...esplêndido, brilhante (Antenor Nascentes).