Curitiba - PR
Curitiba - PR

Capital Curitiba - PR                             
Area (Km²)   199 314,850
Números de Municípios 399
População estimada em 2010 10 439 601

 

 
Balsa Nova 1 - PR Balsa Nova 2 - PR Balsa Nova 3 - PR Balsa Nova 4 - PR

Balsa Nova - PR

Balsa Nova - PR                           Paraná - PR                                  
População  
Balsa Nova é um município brasileiro do estado do Paraná.

Sua população em 2007 era de 10.639 habitantes.

História

Balsa nova teve origem na localidade de Tamanduá. Esta região era habitada pelos índios carijós que utilizava a região como ″posto avançado″, de onde podiam sinalizar aos índios que habitavam as margens do Rio Iguaçu, como fogo, no caso de qualquer perigo.

Tamanduá serviu como passagem para as tropas que vinham do sul e tangiam gado para São Paulo e outros estados. Tinha ares de cidade e era um dos principais pouso de tropeiros que conduziam gado próximo a serra de São Luiz do Purunã. A capela, edificada no início do século XVIII, é a construção mais antiga existente em Balsa Nova e atualmente tombada como patrimônio histórico.

As primeiras informações sobre o município datam de 1876, na época conhecido como Rodeio, ao lado do Rodeiozinho e do Rodeio Grande. Nome dado devido a diversos criadores de gado da região fazerem seus rodeios. Os pioneiros, primeiros moradores da região, que residiam as margens do Rio Iguaçu, divisa com o município da Lapa eram: Mathias Vieira Alvarenga, Euzébio Pereira dos Anjos,Antônio Ferreira Albuquerque, Mathias Gomes, Francisco Oliveira da Cruz, José Inácio Gonçalves, Francisco Leite Cordeiro, Lúcio Ferreira Albuquerque, Joaquim Soares Ferreira, a viúva Ana Oliveira Chaves e seus Filhos.

O pequeno povoado era completamente isolado, não havendo comunicação por estrada ou ferrovia, apenas caminhos utilizados pelos fazendeiros que conduziam suas tropas.

Devidos ás grandes dificuldades enfrentadas pela população quanto á travessia do rio Iguaçu, feita por canoas, o campolarguense João Domingos Soares construi sobre o rio o Porto do Roque, que dava precárias condições de passagem aos moradores. Posteriormente, o porto então muito danificado e seu proprietário sem condições de repará-lo ou reconstruí-lo, foi perdendo suas partes.

Em 1884, Galdino Chaves, filho da viúva Ana de Oliveira Chaves, obteve autorização dos governantes da época para formar o porto Ana Chaves, o qual era usado para passagem de pedestres que vinham da Lapa para vender os produtos de suas lavouras e fazer compras no comércio local. No ano de 1886, Galdino Chaves resolveu construir uma pequena balsa, composta de quatro canoas e uma corrente na largura do rio para dar maior segurança á travessia. Algum tempo depois, uma grande enchente carregou a balsa rio abaixo.

Devido aos trabalhas acelerados na construção da estrada de ferro, em 1891, Galdino Chaves recorreu ao governo da época, em Curitiba, sendo atendido e então construída uma balsa moderna que funcionava com o auxílio de cabo de aço.

Após a construção da balsa nova, frequentemente elogiada pelos habitantes locais e da vizinha, e utilizada como ponto de referência local, foi esquecido o nome Rodeio e utilizada a denominação atual de Balsa Nova.

Com a estrada de ferro e a balsa nova, o local cresceu, instalaram-se indústria de beneficiamento de madeira e erva mate. Surgiram outros estabelecimentos comerciais, a igreja e a farmácia.

Formação Administrativa

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, figura no município de Campo Largo o distrito de João Eugênio.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Pela lei estadual nº 125, de 12-05-1954, o distrito de João Eugênio passou a denominar-se Balsa Nova.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o distrito de Balsa Nova (ex-João Eugênio), figura no município de Campo Largo.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Balsa Nova, pela lei estadual nº 4338, de 25-01-1961, desmembrado de Campo Largo. Sede no antigo distrito de Balsa Nova. Constituído de 2 distritos: Balsa Nova e São Luiz do Purunã. Instalado em 04-11-1961.

Pela lei estadual nº 4582, de 27-06-1962, é criado o distrito de Bugre e anexado ao município de Balsa Nova.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Balsa Nova, Bugre e São Luiz do Purunã.

Assim permencendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica distrital

João Eugênio para Balsa Nova, alterado pela lei estadual nº 125, de 12-05-1954.