Paraiba - PB
João Pessoa - PB

Capital João Pessoa - PB                             
Area (Km²)   56 439,838
Números de Municípios 223
População estimada em 2010      3 766 834

 

 
Aroeiras 1 - PB Aroeiras 2 - PB Aroeiras 3 - PB Aroeiras 4 - PB

Aroeiras - PB

Aroeiras - PB                                 Paraiba - PB                                  
População 19.089
Aroeiras é um município brasileiro do estado da Paraíba e na Região Metropolitana de Campina Grande.

Localiza-se a uma latitude 07º32'43" sul e a uma longitude 35º42'27" oeste, estando a uma altitude de 363 metros. Sua população estimada em 2009 era de 19.725 habitantes. Possui uma área de 375 km².

História

O povoamento da região deu-se a partir da casa de farinha de propriedade de Antonio Gonçalves. Os agricultores traziam sua mandioca para transformá-la em farinha. A seguir surgiu a feira livre, a Feira de Catolé dos Sousas, em 1881. Isto motivou a fixação de moradores no local.

O distrito foi criado com a denominação de Aroeiras, pela lei municipal nº 12, de 25 de outubro de 1905, subordinado ao município de Umbuzeiro. A emancipação política ocorreu em 1 de dezembro de 1953 pela eli estadual nº 980, desmembrado de Umbuzeiro. Instalado em 28 de dezembro de 1953.

Em 1994, o distrito de Gado Bravo foi emancipado de Aroeiras, perdendo este parte de sua área.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Aroeiras, pela lei municipal nº 12, de 25-10-1905, subordinado ao município de Umbuzeiro.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Aroeiras, figura no município de Umbuzeiro.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Elevado à categoria de município com a denominação de Aroeiras, pela lei estadual nº 980, de 02-12-1953, desmembrado de Umbuzeiro. Sede no antigo distrito de Aroeiras. Constituído do distrito sede. Instalado em 28-12-1953.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963

Pela lei estadual nº 3261, de 01-02-1965, é criado o distrito de Gado Bravo e anexado ao município de Aroeiras.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 2 distritos: Aroeiras e Gado Bravo.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 17-I-1991.

Pela lei estadual nº 5924, de 29-04-1994, desmembra do município de Aroeiras o distrito de Gado Bravo. Elevado à categoria de município.

Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Geografia

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

Foi construído o terceiro maior reservatório hídrico do estado, conhecido como "Barragem de Acauã". Este fato gerou uma forte reação por parte dos habitantes da região inundada, que alegaram deixar de ter o mínimo de condições necessárias para uma vida digna.

O povoamento da região deu-se a partir da casa de farinha de propriedade de Antonio Gonçalves. Os agricultores traziam sua mandioca para transformá-la em farinha. A seguir surgiu a feira livre, a Feira de Catolé dos Sousas, em 1881. Isto motivou a fixação de moradores no local.

O distrito foi criado com a denominação de Aroeiras, pela lei municipal nº 12, de 25 de outubro de 1905, subordinado ao município de Umbuzeiro. A emancipação política ocorreu em 1 de dezembro de 1953 pela eli estadual nº 980, desmembrado de Umbuzeiro. Instalado em 28 de dezembro de 1953.

Em 1994, o distrito de Gado Bravo foi emancipado de Aroeiras, perdendo este parte de sua área.

Hoje além da zona urbana, o município conta com um grande número de habitantes na zona rural(mais da metade da população total), destacando-se, a população do distrito de Pedro Velho.