Belém do Pará - PA
Belém do Pará - PA

Capital Belém do Pará - PA                             
Area (Km²)   1 247 689,515
Números de Municípios 143
População estimada em 2010         7 588 078

 

 
Bragança 1 - PA Bragança 2 - PA Bragança 3 - PA Bragança 4 - PA

Bragança - PA

Bragança - PA                                           Pará - PA                                                    
População 113.165
Bragança é um município brasileiro do estado do Pará.

Localiza-se a uma latitude 01º03'13" sul e a uma longitude 46º45'56" oeste, estando a uma altitude de 19 metros. Sua população estimada em 2010 era de 113.863 habitantes.

Bragança é uma terra que tem muito a oferecer ao turista, pelas tradições que atravessam os séculos. A Igreja de São Benedito é a guardiã de uma das tradições mais importantes da cultura religiosa do Pará a festa de São Benedito, padroeiro dos Bragantinos, Histórias que os casarões coloniais, à beira do Rio Caeté, testemunham. A cultura popular resiste levando à cena, há mais 200 anos, intrigante folguedos da Dança da Marujada, uma manifestações surgida em homenagem a São Benedito que exprime toda a riqueza cultural da polpulação humilde e que a cada ano atrai atrai mais pessoas de de outras regiões. Além da tradição, Bragança oferece ao visitante as delicias da praia de Ajuruteua. Um recanto, quase um paraíso, a 35 Km do centro da cidade. Com a abertura da estrada que liga o balneário à sede, Ajuruteua passou a fazer parte dos roteiros turísticos do Estado. Os encantos e as belezas dos campos naturais brgantinos, dos igarapés e manguezais da região litorânea do Pará, que se revelam já no caminho que liga Bragança a Praia de Ajuruteua.

História

Os historiadores relatam que foram os franceses liderados por Daniel La Touche, senhor de La Lavandiere, os primeiros europeus a conhecer a região do Caeté em 08 de Julho de 1613. Inicialmente habitada pelos índios da nação do tupinambás

Em 1622 o território de Bragança pertencia à Capitania de Gurupi. A área foi doada por Filipe III de Espanha à Gaspar de Souza, governador-geral do Brasil. Em 1634 foi fundado um povoado nas margens do Rio Caeté por Álvaro de Souza e transferido para a outra margem devido às dificuldades encontradas com a comunicação do povoado com Belém. Em 1854 um decreto presidencial criou o município de Bragança.

Infraestrutura

Economia: a cidade de Bragança é o maior polo pesqueiro do Estado do Pará, exportando sua produção principalmente para as capitais do Nordeste e para o próprio estado do Pará, também se nota uma grande Atividade Pecuária, Agricultura e um extrativismo formado pela extração de caranguejos.

Características dos bairros de Bragança

Certos bairro de Bragança possuem características,bastante peculiares,que merecem serem ressaltada nesse artigo. O bairro do Perpétuo Socorro,embora não seja o maior bairro de Bragança,é considerado o bairro mais habitado da cidade O bairro do Alto Paraíso é conhecido na cidade por sua triste,porém marcante característica:a violencia.Taxistas dificilmente se arriscam a entrar nesse bairro ,com receio de sofrer algum dano pelos marginais do local. A característica marcante do bairro do Riozinho,sem dúvida é o seu relevo,muitas da vezes, intensamente acidentado,o que acaba ocasionando pontos de alagamento nas partes mais baixas do bairro,principalmente na estação chuvosa. O bairro da Vila Sinhá é conhecido por seu tamanho ,sendo que em área,ele é o maior bairro de Bragança.é nele que está localizado o aeroporto da cidade(o Aeroporto Santos Dumont) e o conjunto João Mota. O bairro do Cereja é conhecido principalmente por causa do rio Cereja,um igarapé que corta o bairro.Outra característica do bairro é o seu espaço densamente povoado,com a presença intensa da sobrados tanto comerciais como residenciais. O bairro do Alegre é conhecido por sua característica festeira e alegre,pricipalmete porque no bairro está localizada a Praça dos eventos,local onde periodicamente são realizados shows de bandas,e aparelhagens.No bairro está localizado o conjunto rsidencial Vila da Caixa.No bairro do Alegre está sendo planejado a construção do primeiro shopping center da cidade que pertencerá a empresa Y.Yamada.No bairro está localizado o Terminal Rodoviário de Bragança.

Clima

O clima que é quente e úmido com a temperatura média anual elevada durante o ano todo gira em torno de 26°C de Outubro a Dezembro, ocorrem temperaturas elevadas registrando-se máximas absolutas maiores de 40°C. De Março a Abril, são meses mais frios e em Julho, normalmente, ocorrem mínimas absolutas mais baixas em torno de 14°C.

Construções históricas

    Catedral Nossa Senhora do Rosário

Construída em 1854 pelos escravos e inaugurada em 1876, sendo com isso o segundo templo da cidade de Bragança. Abriga o túmulo de Dom Eliseu Maria Coroli. A Vila de Bragança se expandia de tal maneira que a igreja matriz ficou na periferia. Este fato e a constatação de que a praça em frente a matriz se tornara pequena para os festejos da padroeira, levaram os diretores da irmandade de Nossa Senhora do Rosário a entrarem em negociação com os diretores da Irmandade de São Benedito, que estavam construindo uma igreja num local mais amplo e espaçoso, propondo-lhes fazer a permuta, o que se efetivou em 1872.

    Palácio Episcopal da Catedral Nossa Senhora do Rosário

Este prédio foi construído pelos padres italianos barnabitas e os seus primeiros moradores foram os europeus. Atualmente funciona como a residência do Bispo e padres diocesanos.

    Igreja de São Benedito

Construída pelos jesuítas, apresenta peças barrocas no seu interior, possui apenas uma torre com a sacristia do mesmo lado. Sua fachada é pintada de branco, tendo elementos em alto relevo. A igreja situa-se às margens do rio Caeté e é cenário de uma das maiores festas religiosas do município de Bragança: a Festividade de São Benedito, que acontece no período de 18 a 26 de dezembro.

    Instituto de Santa Teresinha

Fundado em 23 de novembro de 1938 e idealizado pelo padre D. Eliseu Maria Coroli. Hoje funciona a residência das freiras e Escola de Ensino Fundamental Médio e Educação infantil.

    Forte do Caeté

Fora da sede municipal, em uma ilha, em frente ao litoral de Bragança, construído em 1614 pelos portugueses

    Palacete Augusto Corrêa

A Prefeitura Municipal de Bragança, denominada Palacete Augusto Corrêa, é um prédio em alvenaria cuja a escadaria principal é em madeira de acapú; os alicerces, em pedra, foram feitos pelos portugueses. O prédio é uma cópia fiel do Palácio de Bragança em Portugal. Foi inaugurado provavelmente entre os anos de 1902 e ou 1903.

Mercado de Carne

Construído em estilo neoclássico, foi inaugurado em 09 de setembro de 1911, pelo Intendente Major Antônio da Costa Rodrigues, ocupa uma quadra no centro da cidade. Possui 14 boxes internos que vendem carnes e legumes; revestidos em azulejos brancos, com estrutura metálica sobre as quais estão assentadas peças de madeira, que sustentam telhas francesas formando um telhado de quatro águas. Em seu entorno também funciona uma feira livre.

    Sociedade Beneficente Artística Bragantina

Foi fundado em 10 de janeiro de 1892. Nesse dia foi instalada uma diretoria provisória composta dos seguintes membros: José Quintino de Castro Leão Júnior, Cantídio dAlmeida Gouveia Filho e Silvestre Pantoja. O objetivo da Sociedade era prestar assistência aos seus conterrâneos por ocasião do falecimento de entes queridos. A funerária, denominada Sociedade Beneficente Artística Bragantina, é uma das mais antigas do Pará. Abriga até hoje em seu patrimônio a carroça movida à tração humana que conduzia as urnas funerárias para o cemitério.

    I Unidade Regional de Educação

Foi construída em 1930. Primeiramente foi residência do Sr. Raimundo César, depois foi alugada para o Sr. Calil, e quando passou para as mãos do Sr. Lobão da Silveira, Senador da República, a casa foi reformada para o estilo atual.

    Escola Mâncio Ribeiro

Construído em 15 de agosto de 1929, na administração dos Srs. Eurico Freitas Valle (Governador) e José Severino Lopes de Queirós (Intendente).

    Hospital Santo Antônio Maria Zacaria

Foi construído no ano de 1954 e fundado por Dom Eliseu Maria Coroli em terreno doado pelo Sr. Aluísio Ferreira, com contribuição financeira do Governo Federal. Inicialmente funcionou como maternidade, denominada Nossa Senhora da Divina Providência Atualmente funciona como hospital, sendo um dos maiores de Bragança.

    Casa da Cultura

Foi adquirida pela família de José Paulino dos Santos Mártires em 03 de novembro de 1900. Atualmente abriga a Secretaria Municipal de Cultura e Desportos, a biblioteca pública De Castro e Souza e o salão de convenções Pe. Vitalino Vari.

    Coreto Pavilhão Senador Antônio Lemos

Este coreto foi construído na administração do Major Antônio da Costa Rodrigues, e inaugurado em 17 de dezembro de 1910 em homenagem ao ex-Intendente de Belém, Senador Antônio Lemos. O coreto é de ferro e concreto e fica localizado em frente ao Prédio da Prefeitura Municipal.

Relevo e vegetação

O relevo da sede do município é bastante variado.Na cidade há exemplos tanto de áreas planas(como nos bairros da Vila Sinhá e Perpétuo Socorro)como de áreas com o relevo bastante íngreme e acidentado,com moradias muito abaixo do nível da rua(como no bairro do Riozinho). A vegetação do município é bastante variada,com destaque para a Vegetação Amazônica,a Vegetação de Mangue e a Vegetação de Campos.

Campos naturais

Estão localizados a aproximadamente 30 minutos do centro da cidade, por via rodoviária, em estradas não pavimentadas, mas em perfeitas condições de trafegabilidade. Devido à proximidade do mar, é uma área constantemente ventilada. As palmeiras de buriti e babaçu são a vegetação mais freqüente. Há a predominância de fazendas com criação de gado zebu, nelore e o búfalo, além de cavalos mestiços. Estão divididos em Campos de Baixo, Campos do Meio e Campos de Cima.

Praias

    Praia do Grilo

Praia com águas calmas e manguês. É um dos melhores locais para a pesca. Abriga uma vila de péscadores

    Praia do Boiçucanga

Praia de enseada com areia clara e fina e manguês. Abriga um farol e uma vila de pescadores. Naum possui infra-estrutura

    Praia do Pilão

Praia com águas claras e areia branca e fina. Possui dunas. Seu acesso é feito por barco

    Praia Chavascal

Praia com águas claras e ondas fortes no verão. Seu acesso se faz por barco ou atravessando a pé o canal durate a maré baixa.

    Praia da Vila

Praia com ondas fracas e estreita faixa de areia clara e fina com dunas. Seu acesso se faz a pé a partir de Ajuruteua, na maré baixa, ou de barco, na alta.

Hidrografia

A hidrografia do município apresenta dois rios principais, são eles o rio Caeté (que margeia a cidade) e o rio Cereja (que corta a sede do município em duas partes). Além disso o município é intensamente recortado por igarapés. A vegetação é formada por manguezais, campos aluviais e campos bragantinos; mais a geografia do município é denominada em rios e igarapés. Neste cenério destaca-se o Rio Caetéque nasce no municipio de Nova Timboteua ao sul do territorio bragantino, desaguando no atlântico.

Rio Caeté

O Rio Caeté apresenta trechos com poucos aprofundados. Seu trajeto pelo município de Bragança é aproximado de 60 km para onde navegam pequenas embarcações. O rio pela margem direita, recebe as águas dos rios: Jequi, Cajueiro e Curi e pala outra margem os afluentas dos pequenos igarapés.

Ilhas

    Ilha do Canela

Um santuário ecológico que possui o maior ninhal de guarás do mundo. A Ilha do Canela é uma opção mais alternativa, que está sendo descoberta pelos apreciadores de paisagens paradisíacas devido à grande quantidade de aves registrada na ilha. Habitada apenas por pescadores da própria região, a Ilha do Canela ainda não dispõe de infra-estrutura turística. Entretanto, nem por essa característica tem deixado de atrair visitantes, em especial, fotógrafos, cinegrafistas, pesquisadores e adeptos do turismo de aventura, sobretudo, por ser um dos maiores ninhais de guarás (Eudocimus ruber) do mundo. O acesso à Ilha pode ser realizado em viagem de barco, com duração de aproximadamente duas horas e meia, a partir do Porto do Castelo ou do Taperaçu-Porto.

    Ilha de Boiuçucanga
    Ilha de Mucum
    Ilha de Caeté