Cuiaba - MT
Cuiabá - MT

Capital Cuiaba - MT                             
Area (Km²)   903 357,908
Números de Municípios 141
População estimada em 2010   3 033 991

 

 
Araguainha 1 - MT Araguainha 2 - MT Araguainha 3 - MT Araguainha 4 - MT

Araguainha - MT

Araguainha - MT                                     Mato Grosso - MT                                  
População 1.096
Araguainha é um município brasileiro do estado de Mato Grosso.

Localiza-se a uma latitude 16º51'22" sul e a uma longitude 53º01'57" oeste, estando a uma altitude de 462 metros. Sua população estimada em 2004 era de 1 319 habitantes.

Significado do Nome:

O termo Araguainha é de referência geográfica, devido ao Rio Araguainha, que banha o território municipal, jogando suas águas no portentoso Rio Araguaia. Esta pequena em referência em estrutura, conta com um território rico em cerrados ricos em vegetação nativa e diversa, inúmeras montanhas e serras, alem de diversas e maravilhosas cachoeiras, que se encontram em outros rios que se localizam no próprio município.

Possui uma área de 691,112 km².

Fato marcante desse pequeno município é o Domo de Araguainha, consistindo na cratera erodida de um astroblema, com 40 km de diâmetro, que resultou do impacto de um corpo celeste de grandes proporções sobre a superfície da Terra. Pesquisas estimam que o impacto penetrou 2400m sob a superfície, abrindo uma cratera de 24 km de diâmetro que hoje, sob efeito da erosão, tem 40 km. É o maior astroblema conhecido na América do Sul. A cidade de Araguainha encontra-se dentro dessa cratera. Estudos indicam, ainda, que o impacto ocorreu há aproximadamente 245 milhões de anos, e que o local atingido, na época, era um mar de águas rasas.O fenômemo poderia ter sido a causa da extinção de espécies que viviam na época. Região que hoje se tornou reconhecida mundialmente, por tal evidência das consequências e mudanças deste astroblema. Conta com o apoio e visitas anualmente, de diversos Geólogos e pesquisadores nacionais e internacionais.

História

Araguainha foi ocupada por conta de atividades garimpeiras, sendo Aprígio José de Lima o grande pioneiro da região. Foi a determinação de Aprígio Lima que possibilitou a ocupação definitiva dessa porção territorial situada na região do Vale do Rio Araguaia.

Na década de quarenta, constatou-se um excesso de terras na Fazenda São Gabriel, que se avizinhava ao pequeno arraial nascente. As autoridades constituídas requereram a área de terras, destinando-a à formação, então oficial, de um povoado.

O decreto nº 885, de 10 de Julho de 1947, reservou área de 3.600 hectares de terras para patrimônio da povoação de Ribeirão Araguainha, no município de Alto Araguaia, que teve assim sua primeira denominação.

Algum tempo depois, a povoação passou a chamar-se Couto Magalhães, em homenagem ao eminente homem público José Vieira Couto de Magalhães, que governou a Província de Mato Grosso de 02 de Fevereiro de 1866 a 13 de Abril de 1868, no período da Guerra do Paraguai. O progresso era inevitável e as autoridades determinaram o arruamento do patrimônio de Couto Magalhães.

A lei nº 693, de 12 de dezembro de 1953, alterou a denominação de Couto Magalhães para Araguainha. O termo Araguainha é de referência geográfica, devido ao rio Araguainha, que banha o território municipal, jogando suas águas no portentoso Araguaia. O município de Araguainha foi criado através da lei estadual nº 1.946, de 22 de novembro de 1963.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Araguainha (ex-povoado de Couto Magalhães), pela lei estadual nº 693, de 12-12-1953, subordinado ao município de Ponte Branca. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Araguainha figura no município de Ponte Branca.

Elevado à categoria de município com a denominação de Araguainha, pela lei estadual nº 1946, de 22-11-1963, desmembrado do município de Ponte Branca. Sede no antigo distrito de Araguainha. Constituído do distrito sede. Instalado em 24-02-1964.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.