Cuiaba - MT
Cuiabá - MT

Capital Cuiaba - MT                             
Area (Km²)   903 357,908
Números de Municípios 141
População estimada em 2010   3 033 991

 

 
Brasnorte 1 - MT Brasnorte 2 - MT Brasnorte 3 - MT Brasnorte 4 - MT

Brasnorte - MT

Brasnorte - MT                                        Mato Grosso - MT                                  
População 15.280
Brasnorte é um município brasileiro do estado de Mato Grosso.

Localiza-se a uma latitude 12º09'18" sul e a uma longitude 57º58'44" oeste, estando a uma altitude de 317 metros. Sua população estimada em 2009 era de 15.098 habitantes.

Possui uma área de 16020,9 km².

História

Em 1967, iniciou-se o desenvolvimento de um projeto agropecuário com recursos advindos da SUDAM ? Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia, numa área de propriedade das Casas Anglo Brasileiras ? de São Paulo. Posteriormente parte desta área foi vendida ao Grupo Roderjan sendo desmembrada em 1974. Entretanto, a tomada de posse em definitivo de Brasnorte teve início em 1978 através da Colonizadora Brasnorte ? de Nelson Vetorello, que vendia lotes urbanos e rurais e adquiriu parte das terras que hoje constitui a zona urbana do Município e o antigo Grupo Roderjan, o qual era proprietário das terras, ficou com uma parte que foi transformada na Fazenda Cravari.

Os primeiros trabalhadores do nosso município vieram da região Oeste do Paraná, os quais, em sua grande maioria, residiam em cidades e zonas rurais que foram inundadas pelas águas do Rio Paraná, por ocasião do fechamento das comportas da Usina de Itaipu e, a partir daí brasileiros de diversas partes do país aceitaram a proposta de viverem em Brasnorte.

O nome sugestivo de Brasnorte teve origem na brasilidade de um povo que iria fazer vibrar a região. Nesse tempo acontecia a divisão de Estado, nascendo Mato Grosso do Sul e a decisão de fazer de Mato Grosso um grande Estado, norteava as atividades colonizadoras da empresa Brasil-Norte: BRASNORTE.

Quanto a colonização sabe-se que Adão Bueno chegou a 1o de agosto de 1978, inaugurando o lugar e Adão Passamani, técnico em agropecuária, assentou um acampamento na margem esquerda do Rio Cravari a 22 do mesmo mês, base de operação de uma estrada pioneira para Brasnorte. A 25 de outubro do mesmo ano, Luiz Barbosa chegou em Brasnorte disposto a se radicar e a prosperar no lugar.

As primeiras casas foram construídas com madeira subida em balsa pelo Rio do Sangue e Cravari, oriunda da serraria Adolfo Cortese.

A família Bianchini construiu a primeira serraria em Brasnorte, em 1979.

No mesmo ano, a 27 de maio, o padre José Mathias Orth, celebrou a primeira missa em Brasnorte. E o mesmo padre tomou a iniciativa de criar a primeira escola, numa garagem de carro, com 13 alunos. Pierina Dani Polinski foi a primeira Professora, a qual exercia todos os cargos da escola: professora, diretora, merendeira e servente.

A região de Brasnorte sempre pertenceu ao município de Diamantino e a Lei n º 4.239, de 4 de novembro de 1980, criou o Distrito de Brasnorte. Sua instalação foi executada pelo Juiz da Comarca de Diamantino, Dr. Manoel Ribeiro Filho, nas dependências da Escola Estadual Ewaldo Meyer Roderjan.

A 15 de dezembro de 1980, o Sr. Ezequias Vicente da Silva, foi nomeado Oficial do Cartório de Registro Civil e Tabelionato do novo Distrito.

A comunidade se movimentou e criou a Comissão Representativa do Povo de Brasnorte, que objetivava alcançar benefícios para o Distrito. Destas ações resultaram a Exatoria Estadual de Rendas, Escritório da EMATER, Unidade Postal, Posto de Saúde e outros bons frutos.

A 15 de novembro de 1982, foram realizadas eleições municipais em todo Estado e o Distrito de Brasnorte, demonstrando seu poderio político dentro da jurisdição do imenso município de Diamantino, elegeu para Vice-Prefeito, Sr. Ezequias Vicente da Silva.

Esta ação, verdadeiramente política, trouxe benefícios ao lugar, pois com a vice-prefeitura vieram o auxílio para instalação da rede elétrica, patrolamento de ruas através da DERMAT, arborização da Avenida Paraná - principal artéria do antigo distrito, construção de cinco escolas rurais e a instalação de uma sala cirúrgica para o Posto de Saúde.

O Distrito cresceu ordenadamente e novamente se uniu a comunidade, desta feita objetivando a emancipação política. A notável reunião ocorreu no interior do Salão Paroquial de Brasnorte, sob a liderança de Ezequias Vicente da Silva, na qual foi elaborado um projeto, com exposição de motivos para convencer o Parlamentar Estadual da viabilidade emancipatória do lugar.

A Lei n º 5.047, de 05 de setembro de 1986, de autoria dos Deputados Oscar Ribeiro, Roberto Cruz e Joaquim Sucena, criou o município

Clima

Possui dos tipos de clima , Equatorial quente úmido ao norte , e tropical com estação seca ao sul , Precipitação anual de 2.250mm, com intensidade máxima em janeiro, fevereiro e março. Temperatura média anual de 24ºC. Sendo que a maior temperatura registrada oficialmente é de 40ºC e menor mínima oficial 0ºC. Devido a atuação de massa polar atlântica que entra através da cordilheira dos andes, a temperatura sofre quedas bruscas durante os meses de Abril á setembro , chegando á valores próximos ou abaixo de 10ºC durante pelo menos 7 vezes ao ano . ( fenomeno de friagem ) . No dia 18 de julho de 1975 ,durante a forte massa de ar polar as minimas alcançaram 0ºC , e houve geada. Nos últimos anos , as temperaturas minimas recordes tem ficado na casa dos 9ºC

Bacia Hidrográfica

Grande Bacia do Amazonas. Contribui a Bacia do Rio Juruena, que recebe pela direita os rios Sangue e Papagaio. O Sangue recebe pela esquerda, o Rio Cravari.

Relevo

Planalto Pareci, no sul. Depressão Interplanáltica da Amazônia Meridional, ao norte.

Formação geológica

Coberturas não dobradas de Fanerozóico, Bacia Paleozóica Indivisa ao Norte, Bacia Mesozóica Pareci ao sul. Complexos Metamórficos Arqueanos e Pré-cambrianos Indiferenciados, Complexo Basal. Faixa Móvel Brasiliana, no norte.

Economia

A economia municipal tem sua base no agronegócio , que é sustentado pelas lavouras de Soja , Milho e Arroz , além da pecuária . O comércio é diversificado , e as pessoas geralmente não tem de recorrer á centros maiores a fim de adquirir produtos de maior industrialização .