São Luis - MA
São Luis - MA

Capital São Luis - MA                            
Area (Km²)   6.569.683
Números de Municípios 217
População estimada em 2010 331.935.507

 

 
Barão de Grajaú 1 - MA Barão de Grajaú 2 - MA Barão de Grajaú 3 - MA Barão de Grajaú 4 - MA

Barão de Grajaú - MA

Barão de Grajaú - MA                        Maranhão - MA                                   
População 17.816
Barão de Grajaú é um município brasileiro do estado do Maranhão.

Cidade da região Leste Maranhense, microrregião das Chapadas do Alto Itapecuru, a cidade de Barão de Grajaú foi fundada em 29 de março de 1911, localizada na margem esquerda do Rio Parnaíba, tendo na margem direita a cidade de Floriano/PI. Seu padroeiro é Santo Antônio, sua área é de 2.247 km² representando 0.6769 % do Maranhão, 0.1446 % da Região Nordeste e 0.0264 % de todo o território brasileiro tem clima tropical, está a 108m de altitude e no CENSO de 2010 sua população está com 17.816 habitantes. A vegetação predominante é a caatinga, que produz arroz, babaçu, buriti e a palmeira jussara.

História

O nome do município é uma homenagem à Carlos Fernandes Ribeiro, o Barão de Grajaú, título nobiliárquico restrito a nobreza monárquica. O barão foi vice-presidente da província do Maranhão, tendo exercido a presidência interinamente seis vezes, de 28 de março a 17 de maio de 1878, de 27 de maio a 24 de julho de 1880, de 6 de maio a 25 de setembro de 1883, de 2 de março a 18 de setembro de 1884, de 16 de maio a 23 de junho de 1885, e de 30 de junho a 3 de agosto de 1889. A residência do barão abriga hoje o Museu de Arte Sacra do Maranhão e trata-se de um sobrado do século XIX localizado no centro histórico de São Luís/MA. A homenagem é de autoria do piauiense Agapito Alves de Barros, um comerciante que foi pioneiro no lugar.

Os bandeirantes foram os primeiros a desbravarem suas terras, assim como muitas das demais terras do Sertão Maranhense. Vindos do Vale do São Francisco e da Serra da Ibiapaba em Pernambuco, eles começaram pelo município vizinho, Pastos Bons/MA e estenderam suas rotas por toda a região, explorando a agricultura e a pecuária. Mais tarde, a colonização do lugar seria realizada por pioneiros vindos do Piauí. Notícias da época dão conta de que em 1884, o lugar já era “um povoado de certa importância”.

Tornou-se município pela Lei nº 587, de 18 de março de 1911, mas sua elevação à categoria de cidade somente ocorreria com o Decreto-Lei nº 45, editado em 29 de março de 1938.

Generalidades

Clima

Apresenta clima tropical ameno. As temperaturas ficam entre 27 e 37 graus centígrafos e as chuvas são bem definidas no verão e raras no inverno. As chuvas predominam entre os meses de novembro e abril e o calor chega nos meses de maio a outubro.

Cultura

A cidade recebeu apenas um imigrante árabe, Issa Cury-Rad, personagem conhecido como "João Carcamano" que se agregou ao folclore baronense como a personificação da boa maneira de trato comercial e boa lábia. O clã Cury-Rad se firmou com um sortido empório, de onde tirava o sustento. Teve dois filhos: Salomão (em homenagem ao compadre Salomão Mazuad) e a pequena Salomé Cury-Rad. Passado algum tempo no Brasil, já era senhor de terras e de gado. Seus filhos cresceram saudáveis no salutar ambiente dos anos 1930 e 1940 de Barão de Grajaú.

São personalidades baronenses de destaque na atualidade, a advogada e jornalista Helena Barros Heluy, liderança política maranhense, deputada estadual pelo PT por dois mandatos e vereadora por um mandato em São Luís/MA, e o atleta maratonista Adelson Alves Rodrigues, vencedor de inúmeras corridas, como a 1ª Corrida Mirante AM em São Luís/MA, Corrida de Rua Unifor 2009 em Fortaleza/CE, 9ª Corrida da Indústria Sergipe/AL, entre inúmeras outras.

Folclore

Ao contrário de Floriano, que recebeu muitos imigrantes árabes, Barão de Grajaú recebeu apenas Issa Cury-Rad, personagem conhecido como "João Carcamano" que se agregou ao folclore baronense como personificação da maneira de trato comercial e boa lábia. Também fazem parte do folclore baronense o Prof°. Eleutério Rezende, autor do hino do município de Floriano e as "Maninhas Silva Sousa", sendo estas a personificação da educação com mão de ferro e aquele a prosopopeia da inteligêñcia refinada.

Hidrografia

O Rio Parnaíba é o principal curso d'água de Barão de Grajaú.

Vegetação

O cerrado é a vegetação predominante na região. Na agricultura, os destaques são para o arroz, o coco babaçu, o buriti e a juçara. Exporta óleos de amêndoas e babaçu, algodão em pluma e arroz.