Goiania - GO
Goiânia - GO

Capital Goiânia - GO                            
Area (Km²)   340.086.698
Números de Municípios 246
População estimada em 2010 5.849.105


 

 
Aragarças 1 - GO Aragarças 2 - GO Aragarças 3 - GO Aragarças 4 - GO

Aragarças - GO

Aragarças - GO                               Goiás - GO                                       
População 18.310
Aragarças é um município brasileiro do estado de Goiás.

Localiza-se a uma latitude 15º53'51" sul e a uma longitude 52º15'03" oeste, estando a uma altitude de 310 metros. Sua população estimada em 2010 era de 18 310 habitantes. As principais atividades econômicas são o comércio, agricultura e o turismo. Contudo, a maioria da população trabalha no município vizinho, Barra do Garças.

História

Os primeiros registros de presença de não-índios na margem direita do Rio Araguaia na altura da barra do Rio das Garças datam do Século XVII, quando bandeirantes paulistas desbravavam o interior do país à caça de índios, ouro e da posse de territórios além do limite estabelecido no Tratado de Tordesilhas.

Mas, os primeiros moradores não-indios efetivos da região foram os garimpeiros que se aventuravam pelo sertão de Goiás em busca da lendária Serra dos Martírios e sua mitológica mina inesgotável de ouro.

Oficialmente, reconhece-se o ano de 1872 como sendo a data de fundação do primeiro núcleo populacional urbano que viria, mais tarde, transformar-se na cidade de Aragarças. O povoado foi erguido por garimpeiros oriundos de Araguaiana, vila também fundada por garimpeiros anos antes na margem esquerda do Rio Araguaia, no Estado de Mato Grosso.

A primeira penetração na região, na margem direita do Araguaia e confluência do Rio Garças, deu-se em 1872, por um grupo de garimpeiros, procedentes de Araguaiana-MT, em busca de exploração de diamante, sendo massacrado pela tribo "Bororós" que ali habitavam.

Em 1933, a notícia do achado de enorme pedra de diamante fomentou a afluência de numerosos garimpeiros de diversas regiões. Em 1943, transformou-se em base da expedição Roncador/Xingu.
Mais tarde, a Fundação Brasil Central estabeleceu-se na localidade, para dar consistência e assegurar a continuidade da "Marcha para o Oeste", motivando notável transformação no primitivo garimpo, com visível progresso .

Na década de 1950, Aragarças, nome original da povoação, formado de Araguaia cuja margem se situa e de GARÇAS seu afluente da margem esquerda que ali faz confluência, tornou-se o ponto de apoio das linhas de penetração das regiões do leste matogrossense.

Surgiram, então, vários melhoramentos urbanos, entre eles um conjunto residencial para os funcionários e um hotel para alojar as autoridades visitantes, além de um aeroporto com estações de rádio, meteorologia e de passageiros e, sobretudo, a ponte de cimento armado, ligando Goiás a Mato Grosso.