Goiania - GO
Goiânia - GO

Capital Goiânia - GO                            
Area (Km²)   340.086.698
Números de Municípios 246
População estimada em 2010 5.849.105


 

 
Caçu 1 - GO Caçu 2 - GO Caçu 3 - GO Caçu 4 - GO

Caçu - GO

Caçu - GO                                        Goiás - GO                                       
População 13.283
Caçu é um município brasileiro do estado de Goiás.

Sua população em 2010 era de 13 279 habitantes. Localizada no sudoeste goiano, à margem direita do Rio Claro, está próxima dos municípios de Cachoeira Alta, Itarumã, Aparecida do Rio Doce, Quirinópolis e Jataí.

História

Diz-se na cidade que o nome "Caçu" provem da planta Alcaçuz, que já foi bastante encontrada nas margens do rio que margeia a cidade, o Rio Claro (Goiás). No entanto, o Alcaçuz é uma planta que só vive em regiões frias, então é impossível que tenha havido grandes quantidades desta planta em qualquer região do cerrado. Outra possível origem do nome é da expressão indígena "Caá-açu", que significa "Mato Grande".

A região, situada na margem direita do Rio Claro, a 26 km de sua foz e 6 km da atual Sede Municipal, foi desbravada em 1858, pelos irmãos Pedro e Paulo de Siqueira,procedentes de Minas Gerais.

Trinta anos depois chegou à região Manoel José de Castro (Neca Borges),procedente de Rio Verde, tendo conseguido a vinda de outras famílias, formou-se a fazenda, a que se chamou CAÇU, em decorrência da grande quantidade de ”Alcaçuz”(planta medicinal) em estado nativo , na região.

A fazenda Caçu deu origem ao povoado, a partir de 1915, com a construção de uma capela e a doação do terreno, por Bernardino de Sena e Melo e Ildefonso Carneiro Guimarães, para o Patrimônio do Sagrado Coração de Jesus, Padroeiro do lugar.

O primitivo topônimo do povoado foi Água Fria, por estar às margens do córrego desse nome. Em 1919, celebrou-se a primeira missa, após o recebimento da Imagem do Sagrado Coração de Jesus, ofertada pelo Padre Joaquim Cornélio Bron.

Posteriormente, passou a denominar-se Caçu, nome da fazenda que lhe deu origem. Em 4 de junho de 1924, elevou-se à categoria de distrito, constando a data de 1918, pertencente a Jataí.

Elevado à categoria de município com a denominação de Caçu, pela lei nº 772, de 16-09-1953 complementada pela lei nº 1274, de 14-12-1953, desmembrado de Jataí. Sede no antigo distrito de Caçu. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1954. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Economia

As principais rendas da cidade são, comércio, agropecuária; arroz, milho, soja; o gado (bovino) para o corte tem predominância sobre o gado leiteiro (este, com fornecimento para os laticínios da CAPRIL, ABC e ARAGUAIA, instalados na cidade, dentro da mais alta tecnologia e assistência).

Atualmente está em andamento duas usinas hidréletricas que vão ser construidas no Rio Claro, e que farão com que a cidade de caçu aumente consideravelmente a sua população. Com essas usinas e a extensão da UEG de quirinóplolis, a cidade de caçu almeja ser uma das melhores cidades do extremo sudoeste goiano para se viver.

No dia 27 de agosto de 2009, a ETH inaugurou a Unidade Rio Claro. Em evento que contou com a presença do governador do estado, Alcides Rodrigues, e dos prefeitos de Cachoeira Alta e Caçu, entre outras autoridades, o presidente da ETH José Carlos Grubisich oficializou o início das operações da unidade.

A Unidade Rio Claro entra em operação com 1500 integrantes e capacidade instalada de moagem de 3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra.

Para tanto, o investimento foi de 500 milhões de reais. Até 2012, mais 400 milhões de reais levarão a usina à sua capacidade instalada máxima, 6 milhões de toneladas de cana por safra. A meta da Unidade Rio Claro é produzir 190 milhões de litros de etanol na safra 2010/11.