Goiania - GO
Goiânia - GO

Capital Goiânia - GO                            
Area (Km²)   340.086.698
Números de Municípios 246
População estimada em 2010 5.849.105


 

 
Caiapônia 1 - GO Caiapônia 2 - GO Caiapônia 3 - GO Caiapônia 4 - GO

Caiapônia - GO

Caiapônia - GO                              Goiás - GO                                       
População 16.734
Caiapônia é um município brasileiro do estado de Goiás.

História

O antigo saguão do aeroporto do município era uma construção simples, chegando quase a ser rustica. Um velho cata-vento de latão era visto no alto de um mastro de madeira juntamento com o que restava do tecido do aparato, já quase que totalmente deteriorado pelo tempo. Devido à desativação dos vôos regulares, o lugar foi esquecido e abandonado. Serviu de abrigo à alguns sem teto que ali se reuniam a beber cachaça e consumir outros tipos de drogas o dia todo. Uma edificação que lembrava bem a época dourada desse pequeno município. Houve os que defederam sua revitalização e a implantação ali de um museu que guardasse um pouco da história desse lugar e desse povo tão peculiar. Entretanto, com a onda de construções de casas populares o lugar foi demolido em alguns minutos com a ajuda de uma pá mecânica. Ao mesmo tempo, o município, que hoje poderia ter o status de 'Cidade Historica', tal como Pirenópolis, Cidade de Goias e outros municípios do estado, demolia sua última edificação de inquestionável valor historico. Predio este construído pelo então presidente da Repúbliaca Federativa do Brasil, Getulio Dorneles Vargas, o preio e área do antigo aeroporto de Caiapônia pertencem a Via Area Nacional. Aquela obra foi construída pela Fundação Brasil Central, que tinha base em Caiapônia, na ocaisão da tão afamada Marcha Para o Oeste. Restam ainda na cidade talvez 5 construções com algum valor de época, que podem ser demolidas ou remodeladas a qualquer momento, pela sede e impeto de um progresso duvidoso e limitado.

Turismo

O município é conhecido pelas inúmeras cachoeiras, como exemplo a Cachoeira de São Domingos, Cachoeira da Jalapa, Cachoeira da Samambaia, ´´Cachoeira do Sereno``,´´Cachoeira da Abóbora``,´´Cachoeira do Rio Verdão``,´´Cachoeira do Rio Bonito``,´´Cachoeira da Santa Márcia``,´´Cachoeira do Pântano``entre muitas outras.

Outra atração turistica são os morros, como o Morro do Gigante e Morro do Peão tendo também varias serras(Uma ótima opção para aventuras). No centro urbano a maior atração é o lago dos Buritis, onde se realiza todas as festas da cidade, como carnaval(Zé Pereira), festa de maio (Barraquinhas) e outras. É um município centenário, chegando inclusive a ser linha de rota da Fundação Brasil Central. Seu patrimônio histórico entretanto, foi quase que totalmente destruído, não restando quase nada das antigas edificações do lugar.

Economia

Tem uma importante fonte de recursos na pecuária, sendo o município detentor do 3° maior rebanho bovino do estado Com 415.000 Cabeças perdendo somente para Nova Crixás (690.665 cabeças); São Miguel do Araguaia (483.000 cabeças). A cidade que viveu estagnada durante os anos 1970 e 80, passou por um processo de reforma administrativa em meados dos anos 1990, experimentando um salto de desenvolvimento, o que na verdade aliviou de certa forma os efeitos de algumas administrações mal sucedidas.

Politica e meio ambiente

Berço de renomados políticos, poucas vezes foi administrada por intelectuais. A frente do destino deste município quase sempre estiveram interesses da elite predominantemente rural. Atualmente sua população passa por um processo de reeducação política em parte causado por uma explicita ausência de alternância dos que exercem o poder em suas diversas formas. Com um território amplo e rico em água e outros recursos naturais, o município tem sido sondado pelo grande capital, especialmente por empresários do ramo de beneficiamento de cana de açucar. suas belezas naturais tem sido ameaçadas continuamente por quem planeja transformar água potável em etanol (derivado da cana-de-açucar, uma cultura que agride fortemente às reservas de água ) Justificam um alinhamento com tais interesses na esperança de que a chegada das usinas possam aumentar a oferta de mais empregos para o povo e mais impostos para os cofres de suas instituições de governo. Berço politico de Alfredo Nasser, importante político brasileiro. Outro caiaponiense, João Eduardo de Rezende, lançou candidatura a presidência da república pelo PMDB, mesmo a revelia do partido, no ano de 2006. Declarou que gastaria 100.000 (cem milhões de reais) na campanha. A candidatura entretanto foi impugnada pelo ministerio público.

Particularidades

Existe nesse lugar, a partir do centro comercial da cidade, uma rua pela qual tradicionalmente, os moradores deste centenário município realizam os cortejos fúnebres em direção a um dos cemitérios locais. Trata-se de uma rua de movimento mediano, originalmente coberta de pedras, recortadas e encaixadas à custa de muito labor dos operários de tempos passados. Obviamente é uma via cheia de simbolismos e os sentimentos empregnados nas edificações do percurso, expressam todo um tom bucólico, poético e belo. O lugar parece assumir um tipo de personalidade; afinal, por ali carregaram e foram carregados em cortejo, vários cidadãos em estados de dor, consternação e descanso, rumo ao campo santo, situado um pouco mais abaixo, em outro lugar da cidade.

O nome desse rua: Rua da Saudade.

Em meados dos anos 1990, substituiram todas as pedras que revestiam a historica rua, por asfalto. E em 2008 mudaram o nome da rua.

A historica "Torres do Rio Bonito", tem destrido sua memória e mutilado suas raízes de maneira impressionante e sistemática.

O progresso de uma comunidade, mira alvos mais elevados que a simples produção de bens e meios de consumo. Um povo que encontra o caminho do verdadeiro progredir, entende os valores implícitos nos diversos tipos de relacionamento, bem como os vestígios antepassados, onde se guardam de maneira particular, experiências e saberes importantes à construção sóbria, de um futuro sustentável.