Fortaleza - CE
Fortaleza - CE

Capital Fortaleza - CE                             
Area (Km²)   148 825,602
Números de Municípios 184
População estimada em 2010 8 448 055

 

 
Ararendá 1 - CE Ararendá 2 - CE Ararendá 3 - CE Ararendá 4 - CE

Ararendá - CE

Ararendá - CE                                   Ceará - CE                                        
População 10.500
Ararendá é um município brasileiro do estado do Ceará,

localizado na microrregião do Sertão de Cratéus, mesorregião dos Sertões Cearenses.

História

Chamou-se inicialmente Canabrava e Canabrava dos Mourões, criado pelo Decreto-lei n° 448, de 20.12.1938, substituído o nome pelo atual do Decreto-lei n.° 1114, de 30.12.1943, relembrando o nome de uma aldeia de índios Tabajaras, quase no pé da serra de lbiapaba, onde foram hospedados os jesuítas missionários Francisco Pinto e Luis Figueira.
Canabrava era o nome do sitio no sopé da Ibiapaba, comprado pelo capitão-mor Antonio de Barros Galvão, um dos potentados do Ipu na primeira década do século passado. Aí situou-se seu genro Sebastião Ribeiro de Melo, filho de José Ribeiro de Melo e Maria Coelho Franco, origem da família dos Mourões e dos Melos, famosas na comarca criminal de Crateus, Serra Grande e vizinhanças, no século passado.
A capela local tem como padroeiro São Vicente de Paulo, do bispado de Crateus.

O nome da Taba era Ararena, que o capuchinho francês Claude de Abbeville grafou
Ararendá, que prevaleceu. Ararena, segundo Paulino Nogueira, e no trabalho do padre Francisco Pinto, seria corrutela de Irarana - de ira mel e rana falso, parecido com.
Origem do topônimo: palavra indígena composta de ARARA mais NDA (lugar)
significando "lugar das Araras".

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Canabrava, pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, com territorios desmembrados de Nova Russas e Águas Belas, subordinado ao município de Nova Russas.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Canabrava figura no município de Nova Russas.
Pelo decreto estadual nº 1114, de 12-12-1943, o distrito de Canabrava passou a
denominar-se Ararendá.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Ararendá figura no município de Nova Russas.
Assim permancendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município é
constituído de 2 distritos: Araripe e Brejinho.
Elevado à categoria de município com a denominação de Ararendá, pela lei estadual nº 6525, de 05-09-1963, desmembrado de Nova Russas. Sede no antigo distrito de Ararendá.
Constituído do distrito sede.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito
sede.
Pelo decreto estadual nº 8339, de 14-12-1965, o município é extinto, sendo seu
território anexado ao município de Nova Russas.
Em divisão territorial datada de 12-XII-1968, Ararendá figura como simples distrito de Nova Russas.
Assim permancendo em divisões territoriais datada de 18-VIII-1988.

Elevado à categoria de município com a denominação de Ararendá, pela lei estadual nº 11771, de 21-12-1990, desmembrado de Nova Russas. Sede no antigo distrito de Ararendá.
Constituído de 2 distritos: Ararendá e Santo Antônio. Desmembrado de Nova Russas.
Instalado em 01-01-1993.
Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 2 distritos:
Ararendá e Santo Antônio.

Assim permancendo em divisões territoriais datada de 2005.
Alteração toponímica distrital
Canabrava para Ararendá alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 31-12-1943.

Geografia

Clima

Tropical quente semiárido com pluviometria média de 697 mm com chuvas concentradas de janeiro à abril.

Hidrografia e recursos hídricos

As principais fontes de águas de Ararendá fazem parte da Bacia do rio Poti, sendo os sues principais afluentes o rio Diamante e os riachos: da Barriguda ou Ipuzinho, Cana Brava, Itauru e Olho D´água. Ainda exitem açudes de pequeno porte como os: Alto Grande, Carapinima, Itauru, João Perira, São Joaquim, Siriema e Violete.

Relevo e solos

As principais elevações são a serra do Cedro, os morros do Tombador, do Benfica e Balixto, o serrote da Lagoa e do Moleque.

Vegetação

Composta por caatinga arbustiva aberta e floresta caducifólia espinhosa.

Economia

Pecuária e agricultura de subsistência. Outra fonte de renda é o comércio e a redistribuição de recursos públicos na forma de benefícios.

Cultura

Os principais eventos culturais são:

    Festa do padroeiro São Vicente de Paula (22 de novembro).
    Aniversário de emancipação do município(21 de dezembro).