Salvador - BA

Salvador - BA

Capital         Salvador - BA 
Área (km²) 567 295,669                                
Número de municípios 417
População estimada  em 2010   14 016 906

 

 
Araci 1 - BA Araci 2 - BA Araci 3 - BA Araci 4 - BA

Araci - BA

Araci - BA Bahia - BA 
População 51 636
Araci é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2010 é de 51.636 habitantes.

Araci foi fundada por José Ferreira de Carvalho, em 1812, e era conhecida como a cidade do Raso, antes da emancipação pertenceu a cidade de Serrinha. Araci fica a aproximadamente 210 quilômetros de Salvador. Sua área territorial é de 1524 km².

A Cidade se originou na sede da Fazenda Raso, onde foi formando-se um povoado em torno de uma capela. A fazenda então localizada no município de Serrinha de onde, mais tarde, foi desmembrada, tornando-se um distrito chamado Nossa Senhora da Conceição do Raso.

O município se desmembrou pelo fato de estar se desenvolvendo na agropecuária e no comércio e podendo sustentar suas despesas. Isso ocorreu em 13 de dezembro de 1890. Em 1904, o município passou a se chamar Araci, mas foi extinto em 1931 após decair em seus trabalhos sustentáveis. A partir da extinção, Araci foi novamente anexada a Serrinha.

Em 14 de novembro de 1956, Araci foi restaurada e elevada à cidade se separando novamente de Serrinha.

Aspectos Socioeconômicos

O município desenvolveu também um forte comércio popular, feiras livres, nos dias quintas e segundas-feira, com destaque para a feira de segunda que se alastra por quase toda região central da cidade, em alguns pontos estendendo-se por ruas mais afastadas. Podendo ser encontrados nestas feiras de, conveniências até aparelhos domésticos, roupas, tecido em geral, calçados, artesanatos, hortaliças, legumes e demais gamas de produtos agrícolas produzidos na região, ainda animais domésticos e de carga para venda livre e até uma feira popularmente chamada de feira do rolo, atraindo gente de cidades vizinhas e de regiões mais distantes.
[editar] Economia

As receitas municipais proveem basicamente do setor agrícola, da pecuária, avicultura e da indústria.

    Na agricultura destaca-se a larga produção de mandioca.
    Na pecuária os maiores rebanhos são de bovinos, suínos, caprinos e ovinos.
    Na avicultura destaca-se a produção de galináceos.
    No setor de bens minerais é produtor de ouro.

O município possui também 33 indústrias e 516 casas comerciais, que vêm apresentando, um crescimento no que se refere ao número de estabelecimentos e pessoas empregadas.[6]

Turismo
Estão entre seus pontos turísticos o Bomfim, a sua praça Nossa Senhora da Conceição, a Cachoeira do Inferno (situada a 6Km do povoado de Barreira), a Praça de Esportes (em reforma), o Poço Grande, o Pesqueiro Farias, Estádio municipal, O açude do Maracujá, o rio da Roda, A Ilha do Amor (situado em Pedra Alta) e o rio Itapicuru. Um pouco mais de sua história pode ser vista no museu e biblioteca pública da cidade.

Festividades

    6 de janeiro: Comemoração da tradicional festa de Reis.
    7 de abril: Comemoração da emancipação política com desfile e festa.
    24 de junho Comemoração do São João com bandas locais e da região; normalmente são três ou quatro    dias de festa na sede e nos povoados.
    8 de dezembro: Festejo da Padroeira Nossa Senhora da Conceição; Missa na igreja matriz.