Manaus - AM
Manaus - AM

Capital   Manaus - AM
Área (km²) 1.570.745,680                                                            
Número de municípios                                         62
População estimada em 2010                             3.480.937

 

 
 
Autazes 1 - AM Autazes 2 - AM Autazes 3 - AM Autazes 4 - AM

Autazes - AM

Autazes - AM Amazonas - AM
População 31 876

Autazes é um município brasileiro no interior do estado do Amazonas. Pertencente à Mesorregião do Centro Amazonense e Microrregião de Manaus, localiza-se a sudeste de Manaus, capital do estado, distando desta cerca de 113 quilômetros.

Ocupa uma área de 7 599,282 km² e sua população, contada pelo IBGE em 2010, era de 31 876 habitantes, sendo assim o décimo sétimo município mais populoso do estado do Amazonas e o quinto de sua microrregião.

É sede da maior festa bovina da Amazônia Ocidental.

Autazes era uma região bastante conhecida já no Século XVIII, pela habitação dos índios Mura, famosos por resistirem ao sistema colonizador dos portugueses.

A origem do nome "Autazes" vem dos rios Autaz-Açú e Autaz-Mirim, ambos penetram e cortam o município de norte a sul. A exploração de suas terras iniciou-se por volta de 1637, através do Rio Madeira, pelos produtores de cacau e demais trabalhadores de produtos naturais. Porém, a ocupação definitiva de Autazes só aconteceu por volta de 1860.

A Cabanagem também foi presenciada em suas terras, por volta de 1835 e 1840. Esse acontecimento, extraordinário na História do Brasil, envolveu índios, mestiços, negros e alguns brancos pobres que buscavam melhores condições de vida.

Sua população estimada em 2008 era de 48.456 habitantes. Sua localização: Latitude: -3,57972 e Longitude: -59,13056. Tem uma área territorial de 7.599 km. Está a 90 m acima do nível do mar e a temperatura média é de 26°C. Fica a 108 km de Manaus.

São diversos rios que cortam os arredores de Autazes, e mais de cem lagos, sendo todos propícios à pesca e ao pouso de hidroaviões. Esses locais cintam com uma forte presença de operadores de barcos para o turismo de pesca. O peixe mais cobiçado é o tucunaré, que se tornou o peixe-símbolo da pesca esportiva no Brasil. Os destaques são os rios Preto e Pantaleão, que têm por características principais as águas escuras e um lago com 20 km de área. Já o rio Mamori atravessa a cidade e faz sua ligação com o município de Careiro Castanho. O rio Tupana é um dos mais preservados e selvagens da região.

A produção agropecuária baseia-se na criação de gado leiteiro, o que valeu a Autazes o título de cidade do leite e do queijo. Também há uma grande produção de queijo coalho, queijo manteiga e leite, bem como o cultivo da mandioca (farinha), do cupuaçú, do guaraná, da laranja, do feijão e do milho.