Macapá - AP
Macapá - AP

Capital             Macapá - AP                           
Área (km²) 142 814,585
Número de municípios 16
População estimada em 2010 668 689

 

 
Calçoene 1 - AP Calçoene 2 - AP Calçoene 3 - AP Calçoene 4 - AP

Calçoene - AP

Calçoene - AP Amapá - AP   
População 8 964
Calçoene é um município no nordeste do estado do Amapá.

A Vila de Calçoene iniciou em frente à cachoeira do Firmino, como era conhecido antigamente o povoado que originou o município, era parte da província do Grão-Pará. Seus moradores viviam, basicamente, da exploração do ouro, nas minas do Lourenço - por isso o nome da vila.

No final do século XIX, foi implantada na região uma colônia de imigrantes russos, no contexto de esforço de povoamento do território brasileiro por braços assalariados provindos da Europa, como ocorreu no mesmo período nas regiões Centro-Sul do Brasil.

O governo do território, após invasão por parte do governo de Caiena, resolveu retomar o povoado e suas terras, decretando a reincorporação da vila ao estado. Em 22 de dezembro de 1956, ocorreu a emancipação da vila, que passou a se chamar Calçoene - calço (cunha), ene (norte).

A população estimada para 2008 é de 9.060 habitantes e a área é de 14.269 km², o que resulta numa densidade demográfica de 0,63 hab/km².

Seus limites são o oceano Atlântico a norte e leste, Amapá e Pracuúba a sudeste, Serra do Navio a oeste e Oiapoque a noroeste.

Calçoene é o local onde mais chove no Brasil, com uma precipitação média anual de 4.165 mm, sendo que em 2000 foram registrados quase 7.000 mm de chuva. Comparativamente chove 3 vezes mais neste município do que em todo município de São Paulo. Entre janeiro e junho foram registradas uma média de 25 dias de chuvas por mês; o que significa que chove praticamente todos os dias.

O município de Calçoene é último ponto de parada com infraestrutura de serviços de qualidade até Oiapoque e fica a 356 quilômetros de Macapá pela BR-156. A rodovia é asfaltada até aqui. Até Oiapoque são mais 200 quilômetros de estrada de terra com cerca de 56 quilômetros novamente asfaltados, na chegada a Oiapoque.

No local existe um círculo de pedras, que se supõe construído como um antigo observatório indígena. Tem 30 metros de diâmetro, com pedras de granito com até 4 metros de comprimento. Semelhante ao encontrado na Guiana Francesa que tem 2.000 anos de idade. O círculo de Calçoene apelidado de "Stonehenge do Amapá", se referindo ao Stonehenge da Inglaterra.

As escavações no local por arqueólogos estão sendo feitas a partir de 2006 e por isso ainda não se tem prova que realmente seja um observatório. O local já era conhecido da comunidade científica desde 1950.

Praia do Goiabal
A 14 km de distância do centro, através de uma estrada de terra precária, chega-se a quase intocada praia do Goiabal, banhada pelo Oceano Atlântico. Os poucos habitantes do município são os principais frequentadores. Apesar de barrenta em seus primeiros 150 metros, a água é salgada. A praia tem aproximadamente 70 km de extensão.