Macapá - AP
Macapá - AP

Capital             Macapá - AP                           
Área (km²) 142 814,585
Número de municípios 16
População estimada em 2010 668 689

 

 
Serra do Navio 1 - AP Serra do Navio 2 - AP Serra do Navio 3 - AP Serra do Navio 4 - AP

Serra do Navio - AP

Serra do Navio - AP Amapá - AP              
População 4 409
Serra do Navio é um município no centro do estado do Amapá.

O município de Serra do Navio foi criado em 1º de maio de 1992, através da lei n.º 007/92.

A cidade foi criada inicialmente para abrigar os funcionários da ICOMI - Indústria e Comércio de Minérios, que firmou contrato de exploração do manganês amapaense por cinquenta anos, ou seja, até 2003. No entanto, a reserva esgotou antes do tempo previsto e a empresa deixou o local.

Enquanto a sede estava sendo administrada pela ICOMI, a vila era modelo de organização e eficiência em todos os setores. Representava a rede de maior projeto privado do Estado do Amapá. Os moradores não tinham a necessidade de sair da vila para nada. Com relação ao atendimento médico, eram efetuadas cirurgias que até hoje não se realizam na capital.

Com a saída definitiva da ICOMI e após a instalação do Município, a sede passou a ser administrada pela Prefeitura, e a administração da cidade tornou-se ainda mais eficiente. A infra-estrutura lembra uma pequena cidade do sul do país. Sua fauna é bastante rica. É o único lugar no país que possui uma espécie rara de beija-flor: o brilho de fogo (ou topazzi).

Uma curiosidade que pode explicar o nome da cidade é, segundo os antigos moradores, que o rio que passa em frente à cidade, se observado via área, possui a forma de um navio.

Localiza-se na Microrregião de Macapá, Mesorregião do Sul do Amapá. A população estimada em 2003 era de 3724 habitantes e a área é de 7757 km², o que resulta numa densidade demográfica de 0,48 hab/km².

Desmembrado do município de Macapá, Serra do Navio foi chamado inicialmente de Água Branca do Amapari e, posteriormente, Serra do Navio (Lei Municipal nº 078,
de 22 de junho de 1993). A comunidade de Água Branca do Amapari fica localizada a aproximadamente 10 quilômetros da sede do município. Surgiu da necessidade de abrigar o contingente de moradores da periferia da Vila Operária da Icomi, com a finalidade de fomentar atividade agrícola de subsistência.
Cachaço surgiu no tempo em que predominava a atividade de garimpeiros desenvolvida pelos crioulos das Guianas.
Serra do Navio, de fato é cheia de atrativos, detém densas florestas com inúmeras espécies da flora e fauna integrantes da grande biodiversidade da floresta Amazônica. Banhada pelo rio Amapari e seus igarapés, por parte do Araguari e Mururé, o local tem rede hidrográfica marcante por se tratar de rios com belas corredeiras, ricos em peixes e recantos naturais de rara beleza como os balneários de cachaço e pedra Preta.