Maceió - AL
Maceió - AL

Capital Maceió - AL                               
Area (Km²)   27.767,661
Números de Municípios 102
População estimada em 2010 3.120.922

 

 
Capela 1 - AL Capela 2 - AL Capela 3 - AL Capela 4 - AL

Capela - AL

Capela - AL Alagoas - AL
População 17.077
Capela é um município do estado brasileiro de Alagoas, situado a 67 Km de Maceió. Localizado na Mesorregião Leste Alagoana e Microrregião Mata Alagoana , tem uma população de 17.077 habitantes(2010) e um território de, aproximadamente, 243 km².

O nome Capela, deve-se à construção de uma capela (1750) dedicada à Nossa Senhora da Conceição, levantada próxima ao local onde hoje se encontra a atual matriz.

Com o desmembramento do município de Atalaia, o povoado foi elevado à categoria de vila, pelo decreto 52, de julho de 1860. Nesta mesma época, teve seu nome mudado para Paraíba. Em junho de 1904, a vila passou a se chamar Euclides Malta, e se tornou sede municipal, alguns anos depois, uma outra lei devolveu o antigo nome. No dia 2 de julho de 1919, ao ser elevado à categoria de cidade, o município voltou a ter o nome Capela. Em 1943, o município passou a ser chamado Conceição do Paraíba, por conta da devoção que a população dedicava a Nossa Senhora da Conceição e também numa homenagem ao rio Paraíba, que corta o município. Apenas em 1949, a cidade voltou a ter, de forma definitiva, o nome de Capela.

Localizado a 67 km de Maceió, o município de Capela encontra-se geologicamente inserido na Província Borborema,representada pelos litótipos dos complexos Nicolau/Campo Grande e Belém do São Francisco,Granitóides Indiscriminados(MPgi) e sedimentos do Grupo Barreiras.

A vegetação é predominantemente do tipo Floresta Subperenifólia, com partes de Floresta Hipoxerófila.

O relevo de Capela faz parte da unidade das Superfícies Retrabalhadas que é formada por áreas que têm sofrido retrabalhamento intenso, com relevo bastante dissecado e vales profundos. Na região litorânea de Pernambuco e Alagoas, é formada pelo “mar de morros” que antecedem a Chapada da Borborema, com solos pobres e vegetação de floresta hipoxerófila.

O município de Capela encontra-se inserido na bacia hidrográfica do Rio Paraíba, que o atravessa na porção S, no sentido NW-SE, sendo seus tributários mais importantes: a NW, os Rios Jundiá e Paraibinha, além do Riacho Minador. Na porção SE, os principais tributários são os Riachos da Pacova, Tamoataí, Riachão, Zibunguí, do Bonzão, Dois Galhos e Pedra do Risco. O padrão de drenagem é do tipo Pinado, uma variação do dendrítico e corre predominantemente no sentido NW-SE, desaguando no Oceano Atlântico.

O município de Capela encontra-se geologicamente inserido na Província Borborema, representada pelos litótipos dos complexos Nicolau/Campo Grande e Belém do São Francisco, Granitóides Indiscriminados e sedimentos do Grupo Barreiras. O Complexo Nicolau/Campo Grande, constitui-se de granulitos/kizingitos. O Complexo Belém do São Francisco, está ali constituído por leuco-ortognaisses tonalítico-granodioríticos migmatizados e enclaves de supracrustais. O Grupo Barreiras, é constituído por arenitos, arenitos conglomeráticos com intercalações de siltito e argilito.