Maceió - AL
Maceió - AL

Capital Maceió - AL                               
Area (Km²)   27.767,661
Números de Municípios 102
População estimada em 2010 3.120.922

 

 
Maragogi 1 - AL Maragogi 2 - AL Maragogi 3 - AL Maragogi 4 - AL

Maragogi - AL

Maragogi - AL Alagoas - al    
População 28.746
Maragogi é um município brasileiro do estado de Alagoas. Localizado a 125 km de Maceió, o município localiza-se no Leste Alagoano e no Litoral Norte Alagoano.

Localiza-se a uma latitude 09º00'44" sul e a uma longitude 35º13'21" oeste, estando a uma altitude de 5 metros. Sua população estimada em 2004 era de 24 617 habitantes, a temperatura média é de 27 graus. Sua economia e baseada no turismo, na pesca e na agricultura.

Foi criada como vila em 1875, com o nome de Isabel. Mudou o nome para Maragogi no ano seguinte, mesmo nome de um rio que banha a cidade. Em 1892 foi elevada a cidade.

De acordo com dados históricos, a colonização começou quando um sertanejo chegou à região com a família. Ele fugia de uma epidemia e fez uma promessa a São Bento para curar-se. Ao se recuperar, o sertanejo cumpriu o prometido, construindo uma igreja em homenagem ao santo. O local, uma das mais belas praias do município, ganhou o nome do santo, que mantém até hoje.

Maragogi tem grande importância na história brasileira. Holandeses e portugueses disputaram suas terras por vários anos. Mas foram os moradores da Vila de Maragogi - sem recursos, mas com heroísmo - que impediram e desarticularam a tentativa holandesa de desembarque em Alagoas.

Em 1875, uma lei transferiu a freguesia de São Bento para Maragogi. Em maio de 1892 foi elevada à categoria de cidade, desmembrando-se de Porto Calvo. Em 1960, perdeu o distrito de Japaratinga, transformado em município.

Em 10 de maio de 2010 foi encontrada uma mina marítima durante uma obra de saneamento na cidade, essa mina foi feita pela marinha brasileira durante a segunda guerra mundial para proteger o nosso litoral, como não foram detonadas com o fim da segunda guerra os militares à enterraram perto da praia. O que esperava-se ser uma botija holandesa com moedas de prata, por conta da rica história de conflitos entre portugueses e neerlandeses, chegou a ser perfurado mas por sorte, não explodiu.

A partir disso, oficiais da marinha e até especialistas do Batalhão de Operações Especiais iniciaram prospecção de pelo menos mais sete minas, terrestres e aquáticas.[8] O consenso é de que todas foram plantadas após o ataque de submarinos alemães a um navio mercante brasileiro próximo de Porto de Pedras, que é município vizinho, durante a Segunda Guerra.